1990 - Experimentou teatro pela primeira vez, como ator.

1993 - Começou a acompanhar a trajetória do grupo musical As Sublimes.

1994 - Começou a experimentar escrita para roteiros de dramaturgia.

1998 - Iniciou os experimentos como diretor de teatro, dirigindo seu primeiro festival, com o Grupo InovAção na ETPC (Escola Técnica Pandiá Calógeras), participando também do coral da instituição.

1999 - Participou do conjunto musical Cristais, escrevendo suas primeiras composições musicais.

2000 - Dirigiu seu segundo festival de teatro com o grupo InovAção.

2001 - Recebeu o Troféu World Actors 2000, na categoria Ator; profissionalizou-se ator pelo SATED (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões) e iniciou seu contato com produções televisivas.

2002 - Mudou-se para o Rio de Janeiro e deu sequência às aparições em produtos de teledramaturgia.

2003 - Contribuiu para a fundação do Grupo Cênico Estudarte, dirigindo sua turnê de estreia com a peça O protesto das lendas e dirigiu o festival de esquetes do grupo Superávit.

2004 - Profissionalizou-se diretor pelo SATED (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões), introduziu sua oficina de intepretação livre no CVR (Colégio Volta Redonda), passando a assumir a direção do grupo cênico Estudarte e dirigindo o I Festival de Teatro do Estudarte.

2005 - Fez uma pequena turnê com a comédia Zé e Tião - Dois caipiras em confusão e dirigiu o II Festival de Teatro do Estudarte.

2006 - Transformou sua oficina no primeiro Curso de Teatro no Sul Fluminense com módulos compostos por conteúdo programático teórico no, bem como avaliações e seminários testes de aprovação; dirigiu o III Festival de Teatro do Estudarte, evento avaliado por mesa de jurados. Recebeu, junto ao Estudarte, a Moção de Congratulações das mãos de Lúcio Roriz, representante do SATED (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões).

2007 - Iniciou seus estudos em Língua Espanhola pela Compacto Qualificação Profissional. Dirigiu o IV Festival de Teatro do Estudarte, passando o evento a ter três fins de semana de apresentações.

2008 - Fundou a RH Bombons e o grupo de teatro Do Apê, concluiu os estudos em Língua Espanhola, iniciou o Curso Superior em Teatro no UGB (Centro Universitário Geraldo Di Biase) e dirigiu o V Festival de Teatro do Estudarte, com o qual recebeu, junto ao grupo Estudarte, o Prêmio Olho Vivo 2008 na categoria Grupo de Teatro.

2009 - Participou, com a comédia Mulheres Desesperadas, do evento Mídia em Ação, no Teatro Gacemss, integrou o elenco do filme Entre Santos (conto de Machado de Assis), dirigido por Helena Lustosa pela Bossa Produções para a Globo/SAT. Recebeu o Prêmio Olho Vivo 2009 na categoria Diretor, dirigiu o VI Festival de Teatro do Estudarte.

2010 - Dirigiu o espetáculo Comédia de Casal no Festival Sesc Mais Humor. Participou do festival estadual Novas Cenas com a comédia Mulheres Desesperadas, em Copacabana, Rio de Janeiro. Foi mestre de cerimônias no XII Festival de Seresta Silvio Caldas, no município de Conservatória. Assinou, como colunista, o espaço de teatro do Jornal Folha do Café. Concluiu o Curso Superior em Teatro e dirigiu o VII Festival de Teatro do Estudarte, entrando em hiato com os trabalhos do grupo.

2011 - Voltou a morar no Rio de Janeiro, fez pedido de propriedade dos direitos da marca registrada As Sublimes. Cursou o workshop de interpretação para audiovisual de Constância Laviola e voltou a fazer aparições na Televisão.

2012 - Inaugurou a RH Soluções Artísticas, abriu sua oficina de interpretação de atores no Rio de Janeiro e produziu o reencontro das ex-integrantes do grupo As Sublimes (Isabel Fillardis, Karla Prietto, Lílian Valeska e Flávia Santana), que resolveram passar uma temporada de 'revival' até Rodrigo Hallvys decidir iniciar a seleção para a nova formação do grupo..

2013 - Participou do VIII Festival das Artes no Rio de janeiro, dirigindo o espetáculo Barulho e dirigiu o I festival de esquetes estudantis de Vargens na capital carioca.

2014 - Iniciou os estudos na Pós-graduação de Arte e Produção Cultural no Brasil na UVA (Universidade Veiga de Almeida), criou parceria com a Piá Produções, preparando atores da mesma e dirigiu o II festival de esquetes estudantis de Vargens.

2015 - Ministrou o workshop O olhar cênico através da interiorização emotiva, integrou a equipe do Canal Mosaico (oficial do YouTube). Foi Professor-embaixador do Festival das escolas Coca-Cola e dirigiu o III festival de esquetes estudantis de Vargens e concluiu a Pós-graduação em Arte e Produção Cultural no Brasil.

2016 - Integrou o elenco do infantil A Bela Adormecida, de Fernanda Monzani, dirigiu o IV festival de esquetes estudantis de Vargens e a primeira fase do VIII festival de teatro do Estudarte, comemorando seus dezoito anos de direção teatral, no palco da ETPC.

2017 - Iniciou o ano apresentando a segunda fase do VIII festival de teatro do Estudarte, ocorrido no Centro Cultural da Fundação CSN, protagonizou o infantil A Bela e a Fera, de Fernanda Monzani, tornou-se proprietário definitivo da marca registrada As Sublimes e dirigiu o V Festival de Esquetes Estudantis de Vargens.

2018 - Filiou-se à ABRAMUS (Associação Brasileira de Música e Artes) como autor, compositor e produtor musical. Publicou o livro O dia D, primeira obra de sua quadrilogia de poesias. Teve seu poema Posso merecer você? selecionado para compor a III Antologia de Poesia Brasileira Contemporânea, pela Chiado Books Internacional e participou do IV Simpósio de Educação do UGB.

2019 - Lançou o espetáculo infantil Ana Abóbora e Zé Berinjela - Um mundo além das cores, ao lado de Melissa Santana, estreando no projeto Sesc Mais Social. Lançou o festival de artes integradas ReVolta com poesia ao lado de Regina Vilarinhos em parceria com o Gacemss (Grêmio Artístico e Cultural Edmundo de Macedo Soares e Silva), bem como o festival de leituras dramatizadas Quase lá!. Em parceria com o Prêmium Café Brasil, lançou os eventos Pequenas leituras e Noites de autógrafos. Firmou parceria com o DiAula - Espaço de Estudos para franquia de oficina de interpretação. Oficializou a propriedade de direito da marca registrada do Grupo Cênico Estudarte. Publicou o livro Epitáfio do amor, co-produziu, junto ao Ateliê Orgone, a quarta edição do evento Dia Zen e dirigiu o IX festival de Teatro do Estudarte.

2020 - Recebeu, junto ao Estudarte, o Prêmio Olho Vivo 2019 na categoria Espetáculo pela comédia Mulheres Desesperadas. Produziu a segundas temporada dos projetos Pequenas Leituras e Noites de autógrafos. Ministrou o workshop de Ritmo Cênico - Corpo e Voz. Concluiu os cursos de Comunicação Empresarial e Roteirista de TV e cinema. Firmou parceria com a empresa Mais Estilo Organizações para uma franquia de sua oficina de interpretação. Ministrou o workshop de técnicas básicas para teatro e passarela ao lado da Miss Mundo Plus Size 2019, Nina Sousa, através da Cardeal Produções. Concluiu os cursos de Gestão Empresarial e Produção/Edição Musical. Iniciou os estudos na Pós-graduação em Gestão Cultural pelo IGA/UNIFF LLC (University of Informatics and Faith in Florida). Concluiu os cursos em Jornalismo digital e Básico de Produtor Cultural. Publicou o livro Tatos e digitais. Teve seu poema Livrai-nos selecionado para a VII Coletânea Viagem pela Escrita da PoeArte Editora. Concluiu os cursos de extensão universitária Dinâmicas da Comunicação, Psicologia da Aprendizagem e Gestão de Políticas Públicas. Produziu o processo seletivo para as novas integrantes da formação temporária do grupo As Sublimes.


2021 - Iniciou o ano produzindo a Escola Sublime, um processo de preparação para as novas integrantes da formação temporária do trio As Sublimes, que acaba de lançar seu primeiro single com videoclipe, chamado Rainha. Concluiu a Pós-graduação em Gestão Cultural pela UNIFF. Foi eleito membro da Academia Volta-redondense de Letras, assumindo a cadeira 36 da mesma. Retornou com a terceira temporada do projeto Noites de autógrafos e, em outubro, lançou o livro Nossas vidas (que encerra sua quadrilogia de obras poéticas) e termina o ano recebendo o Troféu Revolution's 2021 na categoria Criatividade Artística.

2022 - Lança a terceira temporada do Pequenas Leituras, ainda no primeiro mês do ano, comemorando dezoito anos de seu registro profissional de diretor. Em fevereiro retorna com a quarta temporada do Noites de autógrafos com o livro Versos Ferinos 2, de Albinno Oliveira Grecco, pela RH Soluções Artísticas. Em março começa a migrar todas as suas Oficinas de Atores para o Teatro Gacemss. Em julho viaja para Curitiba, promovendo o lançamento do livro Mulheres de Mim, da escritora Ana Caires, também pela RH Soluções Artísticas e em agosto inicia a quarta temporada do Pequenas Leituras. Em novembro lançou o livro De tanto orar, orei-me!, da escritora Doracineia Feijolo e, também, tomou posse da cadeira 36, na cerimônia da Academia Volta-redondense de Letras, ocorrida na Câmara dos Vereadores de Volta Redonda, oficializando publicamente "imortalização" cultural de seu trabalho. Em dezembro fez a primeira fase do X Festival de Teatro do Estudarte, composta por ensaio aberto de quatro espetáculos.

2023 - Rodrigo Hallvys inicia o ano com a finalização da quarta temporada do Pequenas Leituras ainda no mês de janeiro e dirigiu a segunda fase do X Festival de Teatro do Estudarte, composta por oito espetáculos, no mês seguinte. Ainda em fevereiro participou do IV Sarau ConVerso, na Biblioteca Municipal Raul de Leoni, em Volta Redonda, com produção da PoeArt Editora. Em março iniciou a quinta temporada do Pequenas Leituras, em novo endereço: Logic Hotel. Em abril, junto ao Estudarte, fez participação especial com o Pequenas Leituras na XVII Jornada Cultural da FALERJ (Federação das Academias de Letras do Estado do Rio de Janeiro), convidado pela Academia Volta-redondense de Letras. Para o mesmo evento, montou a instalação artística Páginas Flutuantes - uma mostra da Biblioteca da AVL, com ideia original de Ana Malfacini, no Espaço Cultural Gacemss, a qual foi estendida para visitação até o dia 8 de maio. Ainda no quinto mês do ano, Rodrigo Hallvys participa como convidado do evento Conversas Literárias, promovido pelo Conexão Literária, no espaço Vírgula Hub, no Shopping Park Sul. Ao fim de julho sobe ao palco participando do VI Sarau ConVerso, declamando dois poemas a pedido de Jean Carlos Gomes, diretor da PoeArt Editora. Já em agosto foi um dos indicados à votação popular para o Prêmio Olho Vivo 2023, na categoria Ator, além de atuar no elenco do primeiro episódio da sexta temporada do Pequenas Leituras. Em setembro participou do 2° Festival Integrado de Esquetes MuDarTe, dirigindo Você só precisa de um abraço, a convite do autor Gabriel Sam, pela O Pato Produções. Seu texto Barulho participou do mesmo evento, sendo interpretado por Maycon Lendel e Thiago Giaccomeli, sob direção de Demétrio Santos, finalizando o mês com a dramatização do texto Respire fundo!, no evento Saúde emocional & Carreira - como equilibrar essa balança?. Em outubro aparece no elenco regular do Pequenas Leituras em feriado nacional, na semana seguinte estreia a turnê do espetáculo A Última Carta, partindo da cidade de Curitiba/PR, voltando aos palcos como ator, sendo dirigido pelo próprio filho caçula, Maycon Lendel. Encerra o mês participando no episódio especial do Pequenas Leituras exibido no VII Sarau ConVerso, junto ao Estudarte, retornando, em seguida para a turnê do espetáculo e aos ensaios para o XI Festival de Teatro do Estudarte.

2024 - O ator entra em cena ainda no mês de janeiro, participando do elenco do episódio final da sexta temporada do Pequenas Leituras. Iniciou a Pós-graduação em Docência no Ensino de Teatro pela Faculdade Iguaçu. Rodrigo Hallvys recebeu o Troféu Olho Vivo 2023 na categoria ator voto popular e, na categoria espetáculo, alcançou o terceiro lugar no pódio, recebendo o troféu por A Última Carta e Está preparando a última fase do XI Festival de Teatro do Estudarte para o fim de fevereiro, no Teatro Gacemss 2.