-


Jornal A Voz da Cidade - 07/01/2020 - Caderno principal (página 2)

Segunda temporada do 'Pequenas leituras' tem início na próxima semana

Evento será concomitante a Workshop de corpo e voz junto ao Grupo cênico Estudarte

Foto: Divulgação/Thiago Giaccomeli


Franciele Aleixo

No próximo dia 16, o Grupo Cênico Estudarte estreia com a segunda temporada do projeto 'Pequenas leituras'. O eento acontece no Premium Café Brasil (espalo anexo ao teatro Gacemss 1), a partir das 19h30min, como entrada franca, trazendo mais textos e sendo interpretados pelos atores Albinno Oliveira Grecco, Lucas Goulart, Ramon Amorim e Rodrigo Hallvys.

De acordo com o ator e diretor Rodrigo Hallvys, a edição de janeiro do 'Pequenas leituras' acontece de forma concomitante ao workshop de ritmo cênico que a RH Soluções Artísticas produzirá dos dias 13 a 17 de janeiro, na sede da empresa, em Volta Redonda, tornando a apresentação do dia 16 um laboratório para análise de construção de voz, que é um dos focos do workshop. "Há algum tempo estamos reparando como tons vocais são pouco trabalhados nas novas gerações de artistas. Não é só o corpo que precisa de construção. Muita gente passa anos fazendo diversas personagens e usando a mesma voz, a mesma projeção e o mesmo volume em cena. Atores precisam ir além e o 'Pequenas leituras' tem sido um trabalho mensal que já expõe isso", acrescenta.


O evento acontece de forma intimista no quesito familiar. O público senta próximo aos atores, que ficam em cadeiras pré-dispostas e vão fazendo leituras dramatizadas alterando vozes e velocidade a cada mudança de texto, sendo vários a cada noite. O rodízio do elenco nas leituras auxilia também que o público imagine as cenas enquanto as personagens são interpretadas basicamente só com vozes. "Em todas as edições tivemos reação imediata da plateia, que chea a dar gargalhadas altas em alguns momentos. O mais interessante é que o elenco só descobre quais textos terá em mãos para a leitura cerca de uma hora antes do evento, trabalhando a velocidade do raciocínio dos atores para improvisar as vozes de acordo com a necessidade que vê no início de cada texto", exemplifica Rodrigo.


COMEMORAÇÃO

O Estudarte ainda tem motivos de sobra para comemorar. 'Mulheres desesperadas', uma das comédias mais famosas apresentadas pelo grupo, está concorrendo ao Prêmio Olho Vivo 2019 e estará em cartaz no dia 14 de fevereiro, dentro da Maratona Cultural que acontecerá no Teatro Maestro Franklin de Carvalho Júnior (anexo ao Colégio Getúlio Vargas), em Volta Redonda. "O convite veio para a edição de 2018 e infelizmente não conseguiríamos conciliar as agendas para a apresentação, pois eu não estava na região. Tivemos nova oportuidade desta vez e já estamos em bateria de ensaios com o elenco atual. - explica Rodrigo.

O espetáculo, lançado em 2008, já representou Volta Redonda no festival Novas Cenas, em 2010, no Rio de Janeiro. Participou do evento 'Mídia em ação', no Gacemss em 2009, e integrou quatro dos festivais do Estudarte, sempre arrancando argalhadas do público enquanto, em contra partida, estimula a reflexão sobre a importância da união familiar. Agora, com texto trazendo novas cenas inseridas, o espetáculo volta a público prometendo ainda mais momentos de humor e pensamentos sobre o comportameno humano.

NOVOS INTEGRANTES


O Estudarte completará 17 anos de vida em março e, interessados em participar do workshop de janeiro terão oportunidade de se estender à Oficina de interpretação cênica de Rodrigo Hallvys a partir de fevereiro, tornando-se membros do grupo e sendo escalados para participarem de outras edições do 'Pequenas leituras', bem como de edições do festival de artes integradas 'ReVolta com poesia', 'Quase lá!', 'Dia Zen' e do 'X Festival de teatro do Estudarte', eventos que possuem programações previstas para todo o decorrer do ano.


Jornal A Voz da Cidade - 10/01/2020 - Coluna Social Matilde Basilio


Segunda temporada

Foto: Divulgação/Thiago Giaccomeli



Matilde Basilio


A segunda temporada do 'Pequenas leituras', com o Grupo Cênico Estudarte estreia no próximo dia 16, às 19h30min. O projeto, que é uma parceria da RH Soluções Artísticas com o Premium Café Brasil, que sedia o projeto, terá em sua primeira edição de 2020 os atores Albinno Oliveira Grecco, Lucas Goulart, Ramon Amorim e Rodrigo Hallvys fazendo leituras dramatizadas de diversos textos na noite. Esta edição do evento fará parte, também, do Workshop de Ritmo Cênico - Corpo e voz, produzido pela RHSA e ministrado por Rodrigo Hallvys.

Portal Olho Vivo - 11/01/2020 - Cena alternativa

RH Soluções Artísticas inicia 2020 com novidades
Produtora começa o ano com a estreia da 2ª temporada do Pequenas Leituras no Premium Café Brasil,
workshop de ritmo cênico e ensaios para a Maratona Cultural do OLHO VIVO

Foto: Divulgação/ Thiago Giaccomeli


Em novo vapor: Segunda temporada do Pequenas Leituras, com o Grupo Cênico Estudarte, estreia dia 16, no Premium Cafe Brasi
l

Cláudio Alcântara


Novo ano. Novo fôlego. Novos projetos. Novo vapor. Dois mil e vinte inicia com a agenda quente nos produtos da RH Soluções Artísticas. Já no primeiro mês do ano, a empresa promove um workshop de ritmo cênico focado em corpo e voz. O trabalho, que acontecerá dos dias 13 a 17, às 19h30, na sede da RHSA, será concomitante à estreia da segunda temporada do Pequenas Leituras, com o Grupo Cênico Estudarte, no dia 16, no Premium Café Brasil (espaço anexo ao Teatro Gacemss 1), em Volta Redonda. O grupo também já está em ensaios para a apresentação da comédia “Mulheres Desesperadas” na Maratona Cultural, que acontecerá no dia 14 de fevereiro, véspera da noite de cerimônia de entrega do Prêmio OLHO VIVO.

Segundo Rodrigo Hallvys, proprietário da RHSA e diretor geral do Estudarte, a ideia veio de uma análise vocal no mercado de trabalho atual.

- Temos visto uma tendência de atenções voltadas a corpos e gestos e um determinado esquecimento e propostas vocais dentro de cenas nos últimos anos. Então nos atentamos para ver se não estamos fazendo pouco disso também e quais caminhos podemos fazer para mais - explica.

Nos cinco dias de workshop, quatro serão voltados a aplicações técnicas com diagnósticos e um será de análise no Pequenas Leituras, como forma laboratorial para o trabalho de um dos dias.

- É necessário entender que as técnicas são aplicadas de uma forma, mas cada integrante absorve dentro de seu conhecimento, sua experimentação e sua limitação. O caminho para o orgânico é a prática ligada à forma de cada participante. Aí percebemos como as criações se tornam diferentes e os diagnósticos de aprimoramento. É um exercício de consciência cênica - detalha Hallvys.

Apresentação na Maratona Cultural OLHO VIVO

Com participação confirmada na Maratona Cultural OLHO VIVO, a comédia “Mulheres Desesperadas” comemora seus frutos. Criado há quase 12 anos, o espetáculo já integrou quatro festivais de teatro do Estudarte, representou Volta Redonda no festival Novas Cenas, no Rio de Janeiro (2010) e no Mídia em Ação, em Volta Redonda (2009).

A peça ainda recebeu novas cenas inseridas, trazendo novidades para o público que já a acompanha.

- Há pessoas que assistiram todas as edições desde que foi criada, em 2008. Tem noção do quanto isso nos deixa entusiasmados? Chegou um momento que resolvi aumentar o espetáculo, porque o diferencial não está apenas no elenco, mas o roteiro precisa ser adaptado com o passar do tempo. Hoje está maior e as cenas novas já dispuseram boas gargalhadas ao público em dezembro - detalha Hallvys, acrescentando a felicidade de ver o espetáculo como um dos finalistas na votação para receber o Prêmio OLHO VIVO 2019.

- Os outros dois grupos cênicos que são finalistas também vêm produzindo com empenho. Então a gente olha e vê que os trabalhos teatrais têm agradado o público em suas diversas propostas e esferas. Uma sensação de que estamos construindo, e o alerta de que não podemos parar a construção. A responsabilidade só aumenta para qualquer um de nós. A qualidade precisa se manter crescente.

Novos integrantes

Em março o Estudarte completará seus 17 anos de existência e os interessados em frequentar o workshop de janeiro terão oportunidade de se estender à Oficina de Interpretação Cênica de Rodrigo Hallvys, a partir de fevereiro, passando a ser integrantes do grupo e sendo escalados para participarem de outras edições do Pequenas Leituras, bem como de edições do festival de artes integradas ReVolta com Poesia, Quase Lá!, Dia Zen e do X Festival de Teatro do Estudarte, eventos que possuem programações previstas para todo o decorrer do ano.

Mais informações: Site Rodrigo Hallvys ou perfil no Instagram @rodrigohallvys
> Workshop de Ritmo Cênico - Corpo e Voz - Dias 13, 14, 15 e 17 de janeiro, às 19h30, na sede da RH Soluções Artísticas - Volta Redonda.
> Pequenas Leituras - 1ª edição da Segunda Temporada - 16 de janeiro, às 19h30, Premium Café Brasil (anexo ao Gacemss 1). O evento será aberto ao público, também servindo como laboratório de análise para quem estiver frequentando o workshop.



Jornal Diário do Vale - 12/01/2020 - Caderno Lazer & Cia. (capa)


Ritmo Cênico
Grupo Estudarte abre seu calendário anual com workshop de corpo e voz;
segunda temporada do 'Pequenas leituras' acontece dia 16

Foto:
Divulgação

Roberta Caulo

Com menos de um mês em férias, o grupo cênico Estudarte já retorna em janeiro com boas expectativas e trazendo dois eventos concomitantes para constituição de seu novo elenco. A comédia “Mulheres Desesperadas”, um dos sucessos da trupe, foi indicada a um prêmio e, enquanto o resultado não sai, entre os dias 13 e 17 de janeiro, Rodrigo Hallvys, diretor geral do grupo, inicia um workshop de cinco dias com veteranos e aspirantes a novos integrantes para estudo e análise de ritmo de corpo e voz para leituras dramatizadas, às 19h30, na sede da RH Soluções Artísticas, em Volta Redonda.

Junto ao workshop, acontecerá a primeira edição da segunda temporada do “Pequenas Leituras”, no Premium Café Brasil (espaço anexo ao Teatro Gacemss 1), no dia 16, também às 19h30.

– Há algum tempo os integrantes do Estudarte estão propondo construção de diferentes tons de voz para cada personagem que entra em cena. E essa construção já vem a partir das leituras dramatizadas. O “Pequenas Leituras” tem sido um marco para esse experimento e vem dando muito certo – comemora Hallvys, proprietário da RH Soluções Artísticas, empresa responsável pelo Estudarte e idealizadora dos eventos.

Serão quatro noites de experimentação de gestos, ritmos e diagnósticos de movimentos feitos junto aos participantes inscritos e uma noite de apreciação no “Pequenas Leituras” para análise de resultados já alcançados por alguns dos veteranos. “O workshop se iniciará na segunda-feira, com encerramento na sexta na RHSA. Na quinta-feira acontecerá o evento no Premium Café Brasil. Ou seja, será um pacote bem redondo de experimentos e análises”.

Para o “Pequenas Leituras” os veteranos Albinno Oliveira Grecco, Lucas Goulart e Ramon Amorim estarão em cena ao lado de Rodrigo Hallvys, fazendo leitura de diversos textos escritos para o audiovisual, mas com intenções voltadas ao palco.

– Nas três edições que fizemos na primeira temporada alcançamos o público presente de uma forma muito gostosa. Vamos fazendo rodízio entre nós para as leituras e o público vai imaginando a cena acontecendo de acordo com nosso ritmo e voz. Desencadeamos várias emoções e muita gargalhada. É prazeroso para todos – detalha Hallvys.

Segundo Rodrigo, na sexta-feira o último encontro do workshop acontecerá unindo todas as técnicas propostas com leitura de pequenos textos também utilizados no evento, para que cada participante tenha ideia clara de possíveis dificuldades e caminhos de superação na aplicação de cada exercício e como o mesmo vai se tornando orgânico com a prática.

– É uma questão de experimento, aplicação, análise e praticar novamente para se desenvolver. Em tudo na vida a prática traz aperfeiçoamento e com a arte não seria diferente – finaliza.

Interessados em participar do workshop terão oportunidade de se estender à oficina de interpretação cênica de Rodrigo Hallvys a partir de fevereiro, sendo escalados para participarem de outras edições do “Pequenas Leituras”, bem como de edições do “ReVolta com poesia”, “Quase lá!”, “Dia Zen” e do “X Festival de teatro do Estudarte”, eventos que possuem programações previstas para todo o decorrer do ano. Mais informações podem ser obtidas através do site (www.rodrigohallvys.com.br).

Serviço

Workshop de Ritmo Cênico – Corpo e Voz
Dias 13, 14, 15 e 17 de janeiro, às 19h30, na sede da RH Soluções Artísticas – Volta Redonda (Rua José Moreira da Rocha, 229, Retiro)

Pequenas Leituras – 1ª edição da segunda temporada – dia 16 de janeiro, às 19h30, no Premium Café Brasil (anexo ao Gacemss I). O evento será aberto ao público, também servindo como laboratório de análise para quem estiver frequentando o workshop



Jornal Diário do Vale - 14/01/2020 - Coluna Social Mário Sergio


Sala vip

Foto: Divulgação / Jana Machado



Mário Sergio


*Nesta quinta-feira, às 19h30min o ator Rodrigo Hallvys estará apresentando a primeira edição da 2a emporada do 'Pequenas leituras' ao lado de Albinno Oliveira Grecco, Lucas Goulart e Ramon Amorim, todos do Grupo Cênico Estudarte.
*O projeto, que é uma parceria da RH Soluções Artísticas com o Premium Café Brasil (espaço anexo ao Teatro Gacemss 1), tem conquistado o público pelo dinamismo dos textos lidos ao vivo.
*A entrada é franca e o público só paga a consumação no local.


Jornal A Voz da Cidade - 28/01/2020 - Caderno Variedades (capa)

Quase histórias
Livro de Giovani Miguez é a atração de estreia da segunda temporada do 'Noites de autógrafos'

Foto: Divulgação


Franciele Aleixo


Uma obra que envolve o reencontro de um autor com sua própria arte. Uma história que, através de a busca por si mesmo em terapia traz um caminho acadêmico para o autor. Uma oportunidade para o leitor viajar através da lógica entre palavras. Assim se constitui 'Quase Histórias: est(éticas) existenciais ', livro de Giovani Miguez, que será lançado no dia 31 de janeiro, às 19h30min, no Premium Café Brasil (espaço anexo ao Teatro Gacemss 1), localizado no bairro Vila Santa Cecília, em Volta Redonda. O exemplar será vendido por R$30.

O livro é a primeira obra a ser exposta na segunda temporada do 'Noites de autógrafos', projeto da RH Soluções Artísticas como Premium Café Brasil e traz poesias que representam o encontro entre a ética e a estética através de versos profundos e que dispõe oportunidade de reflexão. "Quando iniciei meu mestrado uma determinada necessidade poética acabou se despertando em mim. A pesquisa me conduziu a pensar a linguagem, o simbólico e a realidade. Foi inevitável revisitar algumas leituras sobre arte, linguagem e poesia", comentou o autor.

Giovani, que possui mais dois livros já prontos para serem também publicados e um outro a ser publicado após defesa de seu doutorado, nasceu em Volta Redonda e reside desde 2009 no Rio de Janeiro. Agora, ele vive a expectativa da reação quanto à sua nova obra. "Eu espero que gere inquietação, pois foi das minhas inquietações que o 'Quase Histórias' nasceu". - detalhou.

Já o ator Rodrigo Hallvys, proprietário da RH Soluções Artísticas e idealizador do 'Noites de autógrafos', diz que convidar Giovani Miguez para abrir a segunda temporada do projeto é de um valor inestimável.

-É comemorável. A obra do Giovani propõe uma forma de escrita com fluidez diferenciada. Enquanto lemos temos a oportunidade de viajar em um universo intelectual que está ali na mente dele através de palavras que criam um caminho lógico. A gente entende, a gente dispara uma empatia com o que ele está propondo refletir e vamos ficando curiosos quanto aos textos que se seguem. - comenta Hallvys.

Uma obra de um autor que domina as palavras e as mistura de forma lógica, artística. Um convite à leitura prazerosa através da mente de um artista.


Jornal Diário do Vale - 29/01/2020 - Caderno Lazer & Cia (capa)

Viagem em palavras
Primeiro livro de Giovani Miguez é a obra convidada para o lançamento da segunda temporada do ‘Noites de Autógrafos’
no Premium Café Brasil, em Volta Redonda.

Foto: Divulgação

Roberta Caulo

Muitas vezes uma obra toma conta da atenção do leitor sem precisar de esforço, apenas pela proposta empática. Assim se faz “Quase Histórias: est(éticas) existenciais”, livro de Giovani Miguez, que será lançado nesta sexta-feira, dia 31 de janeiro, às 19h30, no Premium Café Brasil (espaço anexo ao Teatro Gacemss 1), em Volta Redonda.

O livro é um reencontro do autor com sua própria arte e vem como a primeira obra de estreia da segunda temporada do “Noites de Autógrafos”, projeto da RH Soluções Artísticas com o Premium Café Brasil, trazendo poemas que dispõem um diálogo entre a ética e a estética através de versos que abrem uma oportunidade de reflexão.

-Me vi em uma determinada necessidade poética quando iniciei meu mestrado. A pesquisa me conduziu a pensar a linguagem, o simbólico e a realidade. Então, revisitei algumas leituras sobre arte, linguagem e poesia – comenta Miguez.

O escritor, que já se prepara para o lançamento de outros dois livros, é voltarredondense e desde 2009 reside no Rio de Janeiro. Ele é conhecido pela facilidade de escrita.

-Eu espero que meu livro gere inquietação nos leitores, pois foi das minhas inquietações que o “Quase Histórias” nasceu – fala Giovani.

Idealizador do “Noites de Autógrafos” e proprietário da RH Soluções Artísticas, o ator Rodrigo Hallvys considera a participação de Giovani Miguez como estreia da segunda temporada do projeto como um momento de primor.

-Ele é um autor de qualidade alta e diferenciada. Vamos lendo sua obra e temos oportunidade de compreender uma lógica intelectual através de palavras que se seguem. Não é qualquer pessoa que consegue fazer uma escrita assim. O leitor entende o ponto do observador e reflete a proposta de uma forma clara e coesa. Um livro a ser devorado e digno de aplausos – comenta Hallvys.
Giovani detalha que “Quase Histórias: est(éticas) existenciais” é um esforço terapêutico e uma experimentação existencial.

-O livro tem uma primeira parte aforística, com fragmentos dessa minha experiência existencial e est(ética), da minha percepção sobre o mundo. Na segunda parte, tento brincar com as palavras, expressar essa complexidade de forma mais direta, menos filosófica e psicológica – explica. “Um livro para ler, viajar e refletir”.

Serviço

‘Noites de autógrafos’ – 1ª edição da segunda temporada
Data: Dia 31 de janeiro, sexta-feira, às 19h30
Local: Premium Café Brasil, espaço anexo ao Teatro Gacemss, na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda
Autor convidado: Giovani Miguez
Obra: Quase Histórias: est(éticas) existenciais
Editora: Autografia
Preço do exemplar: R$ 30



Jornal A Voz da Cidade - 08/02/2020 - Caderno Principal (página 02)

Abertas as inscrições para Oficina de Teatro e Vídeo
Participantes poderão ser escalados para integrarem os projetos do Estudarte

Foto: Divulgação


Franciele Aleixo

RH Soluções Artísticas firma parceria com Mais Estilo Organizações e abre franquia de Oficina de Teatro e Vídeo em Barra Mansa. Os interessados podem fazer suas matrícuas no espaço da empresa Mais Estilo Organizações, localizado no Shop House, Rua Joaquim Leite, 509, 2o andra, loja 42, Centro, das 9 às 17horas. A oficina acontecerá as segundas e as vagas são limitadas, com horários específicos a faixas etárias.

De acordo com Rodrigo Hallvys, diretor geral do Estudarte e proprietário da RH Soluções Artísticas, a oficina se iniciará dia 10 de fevereiro e se encerrará com a décima edição do festival, em dezembro, possuindo cinco módulos durante o período, aplicando técnicas que foram desenvolvidas por Hallvys durante sua trajetória, incluindo quando cursou a faculdade de Teatro. "Todo ano faço alteração de vertentes das técnicas com base no que vejo nas características e bagaem trazida pelos participantes nos primeiros encontros. Crio formas de eles conseguirem inserir de forma mais orgânica a aplicação de cada técnica, facilitando a aprendizagem e a autonomia para que eles possam se sentir mais seguros ao estarem em cena ou fazendo um teste", explica Hallvys.

Os participantes poderão ser escalados, de acordo com suas evoluções dentro da oficina, para integrarem os projetos já apresentados mensalmente pelo Estudarte e estarão escalados para a décima edição do Festival de Teatro do Estudarte, já programado para dezembro deste ano.

Segundo Priscila Modesto, proprietária da Mais Estilo, a parceria criará uma base consistente de conhecimento e domínio cênico para os agenciados e participantes da oficina no espaço. "Nossa empresa atua com inúmeros trabalhos, sendo assim, o fato de eles adquirirem toda essa potencialidade cência, poderão garantir mais oportunidades com os possíveis trabalhos que poderão surgir através de comerciais, figurações, espetáculos, publicidade, entre outros", destaca.


Jornal A Voz da Cidade - 11/02/2020 - Caderno Principal (página 02)

Atividades agitam o calendário cultural nesta semana
na cidade do aço
'Noites de autógrafos' traz Patrícia Pacheco como destaque; 'Pequenas leituras' acontece na véspera

Foto: Divulgação/Thiago Giaccomeli


Franciele Aleixo

E a semana começa com dois eventos culturais que já estão tradicionais no município de Volta Redonda. O primeiro acontece na quinta-feira, às 19h30min o Grupo Cênico Estudarte estará no Premium Café Brasil (anexo ao Teatro Gacemss 1), n a vila Santa Cecília, para a segunda edição da segunda temporada do 'Pequenas leituras'. Já na sexta-feira, outro produto da parceria da RHSA com o Premium Café Brasil estará presente no circuito cultural da região, porém, com um endereço exclusivo para a data. O motivo é que o Premium Café Brasil estará com um 'lounge' montado na praça de alimentação instalada na Maratona Cultural, que precede a noite de cerimônia do Prêmio Olho Vivo, marcado para ocorrer no sábado, dia 15.

Nesta edição do 'Pequenas leituras', o elenco escalado é composto por Demétrio Santos, Dieni Flausino, Thayanne Xavier e Thiago Giaccomeli. Com direção geral de Rodrigo Hallvys, o evento tem entrada gratuita e o público só paga a consumação no local.

Como de costume, serão cerca de quarenta textos escritos para trabalhos de audiovisual de curta duração em leitura dramatizada, criando rodízio dos atores, que alteram suas vozes de acordo com a intenção do texto e arrancam gargalhadas do público. "São diversos tipos de assuntos abordados, grande parte envolvendo situações cotidianas. É um exercício prático que estamos fazendo publicamente desde o ano passado, quando lançamos o projeto e vem dando muito certo. Atores precisam criar vozes, utilizar entonações e vários outros detalhes a cada personagem que interpreta. Faz parte da construção e é um dos nossos focos na oficina de interpretação cênica com o Estudarte", comenta Rodrigo Hallvys, detalhando o foco na respiração e na voz.

Já na sexta-feira, a maratona ocorrerá das 10 às 22 horas, no Teatro Maestro Franklin de Carvalho Júnior (anexo ao Colégio Getúlio Vargas), no Laranjal. O evento contará com apresentações artísticas durante todo o dia. Serão mais de cem artistas de todo o Sul Fluminense na programação.

Na ocasião, a advogada e escritora Patrícia Pacheco, com sua obra 'Uma declaração de amor' que já estava confirmada para ser a estrela do 'Noites de autógrafos', estará participando do evento sob escalação para fechar a edição do projeto. "A Patrícia já estava confirmada desde o ano passado. Mas como ambos os eventos ficaram na mesma data e o Premium Café estará com espaço de alimentação na Maratona Cultural, faremos excepcionalmente no Teatro desta vez", explica Rodrigo Hallvys, que também coordena o projeto.

Segundo ele, Patrícia não será a única autora a marcar presença na agenda do evento. "Convidamos os escritores que já participaram com suas respectivas obras nas edições anteriores para também estarem lá. Faremos sob escala, com horário marcado para cada um, encerrando com a Patrícia", explica.

Giovani Miguez, Márcio Castilho, Marcos Andrade, Mércia Christani e Rafael Clodomiro, além do próprio Hallvys, também estarão com suas obras à venda e autografando as mesmas para o público presente no período tarde e noite.



Website Gacemss - 11/02/2020 - Eventos

“PEQUENAS LEITURAS” promete empolgar o público novamente


Foto: Divulgação/
Thiago Giaccomeli

Jader Costa

Agora é a vez da segunda temporada do PEQUENAS LEITURAS. Nessa quinta-feira, 13/02/2020, às 19h30min o Grupo Cênico Estudarte estará no Premium Café Brasil (anexo ao Teatro Gacemss 1), na Vila Santa Cecília, para brindar o público com um show de improviso e interpretação de textos pelos atores do grupo, que faz do evento um verdadeiro laboratório e desafio pessoal e profissional.

Como na primeira edição, serão cerca de quarenta textos escritos para trabalhos de audiovisual de curta duração em leitura dramatizada, criando rodízio dos atores, que alteram suas vozes de acordo com a intenção do texto e arrancam gargalhadas do público. São diversos tipos de assuntos abordados, grande parte envolvendo situações cotidianas.

Nesta edição do ‘Pequenas leituras’, o elenco escalado é composto por Demétrio Santos, Dieni Flausino, Thayanne Xavier e Thiago Giaccomeli. Com direção geral de Rodrigo Hallvys.

O evento tem entrada gratuita e os lugares são limitados, entao se prepare para curtir e vivenciar um laboratório de teatro e literatura. Como o evento acontece no Premium Café, aproveite para saborear os “quitutes” saborosíssimos e um delicioso café de quem sabe o que faz. A animação e a presença dos amigos é indispensável.

“Esse evento é um exercício prático que estamos fazendo publicamente desde o ano passado, quando lançamos o projeto e vem dando muito certo. Atores precisam criar vozes, utilizar entonações e vários outros detalhes a cada personagem que interpreta. Faz parte da construção e é um dos nossos focos na oficina de interpretação cênica com o Estudarte”, comenta Hallvys, que destaca a importância da respiração e da voz para trazer mais vivacidade aos textos e entregar mais qualidade no trabalho dos atores e atrizes.

Venha se deliciar nesse evento Imperdível!



Jornal Diário do Vale - 13/02/2020 -
Caderno Lazer & Cia (página 04)

Projeto ‘Pequenas Leituras’ segue
conquistando plateia no Premium Café Brasil

Roberta Caulo

Um projeto que traz ao público oportunidade de ver aplicação prática sobre metodologias cênicas. Assim se constitui o “Pequenas Leituras”. Tendo sua primeira temporada lançada no ano passado, o evento vem conquistando aumento de público pelo dinamismo de suas leituras dramatizadas em cerca de trinta a quarenta textos por noite de apresentação. O próximo evento acontece hoje, dia 13 de fevereiro, às 19h30, no Premium Café Brasil (anexo ao Teatro Gacemss 1), com entrada gratuita. O público só paga o que consumir no local.

Em cartaz mensalmente, o evento é um dos projetos criados pela RH Soluções Artísticas em parceria com o Café e iniciou sua segunda temporada em janeiro deste ano. Para a edição de fevereiro foram escalados os atores Demétrio Santos, Dieni Flausino, Thayanne Xavier e Thiago Giaccomeli, mesclando integrantes.

– Todos os quatro já estiveram em festivais nossos. Mas, é a primeira vez que ambas as atrizes participam do ‘Pequenas Leituras’. Já Demétrio e Thiago fizeram algumas edições. Criamos o projeto para trabalhar o dinamismo e a criatividade vocal em diversos textos através de leituras dramatizadas. São técnicas vocais que usamos na nossa oficina de atores e os integrantes vão sendo escalados em rodízio, mesclando quem já está acostumado com quem está iniciando, abrindo oportunidade para todos – explica o proprietário da RHSA e diretor geral do grupo cênico Estudarte, Rodrigo Hallvys.

Segundo ele, um dos objetivos do projeto é possibilitar aplicação prática dos exercícios de leitura perante o público. “Quando espetáculos são decididos para irem à cena, iniciamos todo um processo de estudo de construção de personagens. Voz e ritmo fazem parte disso. Então, começamos as leituras até ficarem dramatizadas. Resolvemos fazer esse processo da leitura perante o público para que todos possam conhecer como é parte do trabalho do ator. E a plateia sempre ri”, conta.

– Entrego os textos uma hora antes do evento para eles. Assim, precisam trabalhar a criatividade e se prepararem para testes de vídeo ao mesmo tempo, pois os textos que utilizamos no projeto são de área do audiovisual – acrescenta.

Agenda anual em definição

O Estudarte já iniciou 2020 com parte de sua agenda em definição. Além do foco no seu “X Festival de Teatro”, marcado para dezembro deste ano, a trupe já está cotada para as duas próximas edições do “Dia Zen”, possui calendário firmado para mais edições do “Pequenas Leituras” e seus atores sempre são cotados para outros projetos da RH Soluções Artísticas, como o “ReVolta com poesia” e o “Quase lá!”.

– Estamos em período de seletiva para projeto musical também. O ‘Pequenas Leituras’ faz parte do processo de enriquecimento técnico dos atores do grupo e cria o hábito necessário da preocupação com a construção da voz para cada personagem. Uma necessidade de não ficarmos na zona de conforto – finaliza Rodrigo.

Serviço
Pequenas Leituras – Segunda Temporada – Com o grupo cênico Estudarte
Atores convocados para a edição: Demétrio Santos, Dieni Flausino, Thayanne Xavier e Thiago Giaccomeli
Direção geral: Rodrigo Hallvys
Dia 13 de fevereiro, 19h30, no Premium Café Brasil (anexo ao Teatro Gacemss 1), na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda
Entrada gratuita – O público só paga a consumação



Jornal Diário do Vale - 19/02/2020 - Caderno Lazer & Cia (página 04)

Oficina de atores Estudarte abre franquia em Barra Mansa
Inscrições já estão abertas; alunos de instituições públicas têm 50% de desconto nas parcelas

Roberta Caulo

Teatro, televisão, cinema, internet e publicidade. Oportunidade de participação em eventos artísticos que vem se consolidando na região. Assim é a possibilidade trazida através da parceria que a Mais Estilo Organizações firmou com a RH Soluções Artísticas, que culminou na franquia da oficina de interpretação cênica que Rodrigo Hallvys ministra e compõe anualmente o elenco do grupo cênico Estudarte.

Famoso por seus festivais de teatro ocorridos desde 2004, o Estudarte está completando 17 anos, com um currículo recheado por diversos espetáculos, prêmios, indicações e moção de congratulações. Representou Volta Redonda no Rio de Janeiro no Festival Estadual Novas Cenas, conquistando diversos elogios com o espetáculo “Mulheres Desesperadas”, participa mensalmente dos projetos “Pequenas Leituras” e “ReVolta com poesia” e esteve presente no videoclipe do cantor Jotha Rox.

Agora, com franquia em Barra Mansa, a RHSA e a Mais Estilo tendem a produzir eventos sempre que houver negociação que possibilite também na cidade.

– Expressão corporal, jogo cênico, postura, dinamismo. Será muito mais fácil entender o que precisa ser feito a cada trabalho – enumera Priscila Modesto, proprietária da Mais Estilo Organizações, que recebe em seu espaço a franquia da Oficina de Interpretação.

Segundo ela, a empresa atua com inúmeros trabalhos, e a parceria tende a aumentar a potência de possíveis trabalhos que estejam surgindo neste ano. “Com eles adquirindo toda essa potencialidade do trabalho cênico, será possível surgir muitas oportunidades para cada um. Comerciais, figurações, espetáculos, publicidade”, completa.

Já o ator e diretor Rodrigo Hallvys, proprietário da RHSA e responsável por ministrar a oficina com o Estudarte, a parceria traz novos horizontes e facilita para muitos dos integrantes.
– Desde quando foi formado, o Estudarte possui alguns integrantes residentes em Barra Mansa. Termos uma franquia na cidade facilita para eles em questão de gastos com transporte e até mesmo em relação a agenda disponível, principalmente aos mais jovens. Estamos com uma frente que envolve uma quantidade grande de eventos que vêm aumentando rapidamente desde o ano passado, e a tendência é aumentar ainda mais com a parceria, que tem um trabalho no audiovisual – explica Rodrigo.

Os matriculados que frequentarem a oficina receberão certificados de participação a cada evento para o qual forem escalados durante o ano, podendo compor seus portfólios, e ainda participarão do X Festival de Teatro do Estudarte, já em pré-produção para dezembro deste ano.

– Em janeiro já começamos com a segunda temporada do “Pequenas Leituras” e estamos vendo como encaixaremos a segunda temporada do “ReVolta com poesia”, que já está sendo pensada. Ambos formaram público cativo com as edições ocorridas no ano passado. Estamos planejando como fazer a segunda edição do “Quase lá!”, que funciona como uma espécie de evento de inverno com leituras dramatizadas também, além da participação no “Dia Zen”, que possui coprodução nossa e está caminhando para sua quinta edição. Sem contar as possibilidades estudadas para filmagens de cenas que estão sendo preparadas. Então, será um trabalho de aprendizado e desenvolvimento prático que trará conhecimento e aperfeiçoamento a todos que se envolverem – detalha Hallvys.

A oficina, que já funciona em dois endereços dentro de Volta Redonda, está em contagem regressiva para iniciar e possui técnicas exclusivas, elaboradas por Hallvys durante sua carreira e com várias delas potencializadas desde que o artista cursou a faculdade de Teatro, concluída em 2010.

– Fui encontrando caminhos que facilitam a compreensão entre o experimento e o alcance da composição orgânica para cada integrante. É uma questão de prática e reavaliação da mesma a cada técnica. Autoavaliação e aplicação consecutiva. As oficinas que ministrei no Rio para atores profissionais me deram oportunidades de ampliar ainda mais cada alcance e trouxemos essas avaliações para cá também – esclarece o diretor.

Os interessados podem ir a qualquer uma das franquias para se matricular. As aulas da oficina iniciarão nesta semana e cada horário possui limite de vagas para que os diagnósticos sejam mais precisos na avaliação do diretor, para a compreensão e construção de cada ator. Alunos de instituições públicas possuem 50% de desconto nas parcelas.

Serviço

Oficina de interpretação cênica Estudarte (com o ator e diretor Rodrigo Hallvys)

Segunda-feira – Mais Estilo Organizações – Shop House – Avenida Joaquim Leite, 509, 2º andar, loja 42, Centro, Barra Mansa
Quarta-feira – DiAula Espaço de Estudos – Edifício Aliança – Rua Neme Felipe, 43, sala 202, Aterrado, Volta Redonda
Sábado – RH Soluções Artísticas – Rua José Moreira da Rocha, 229, Retiro, Volta Redonda.

Mais informações no site (www.grupoestudarte.com.br) ou pelo telefone (21) 97604-7747.



Jornal Diário do Vale - 20/02/2020 - Coluna Social Mário Sergio


Sala vip





Portal Olho Vivo - 28/02/2020 - Parabólica

Missão África Bloom
Cardeal Produções promove workshop com o ator Rodrigo Hallvys e a miss Nina Sousa para auxiliar projeto social com crianças


Mundo globalizado: Trabalho será realizado no Auê House, em Volta Redonda, no dia 1º de março, das 15 às 18h

Cláudio Alcântara

Com o olhar do outro lado do oceano. Assim é o projeto Missão África Bloom, da miss plus size Nina Sousa, que ganha um workshop promovido pela Cardeal Produções em parceria com o Auê House, no dia 1º de março, das 15 às 18h, para auxiliá-la a viajar ao continente africano em prol de projeto social com crianças.

O workshop terá duração de três horas e será constituído por orientações do ator e diretor Rodrigo Hallvys e de Nina Sousa, para aspirantes às carreiras artísticas e de modelo, que pretendem construir currículo e alcançar qualidade em seus trabalhos de forma bem estruturada.

- As pessoas conhecem nossa empresa pelo material de foto e vídeo que fazemos, além dos concursos que idealizamos. Então unimos nosso propósito com a missão que a Nina possui. Uma oportunidade para que aspirantes à carreira artística e nas passarelas possam tirar dúvidas, encontrar orientações e experimentar técnicas para dar passos mais direcionados à construção da vida profissional, em um evento acessível a todos e com dois ícones nas áreas - diz o empresário João Paulo Cardeal, sócio-proprietário da empresa.

Já Thiciane Cardeal, também sócia-proprietária da Cardeal Produções, explica como a empresa vem ajudando a divulgar artistas e modelos novatos na região.

- São muitos casos de modelos frustrados que nos procuram solicitando ajuda por terem se decepcionado com promessas que os fizeram perder dinheiro. Vamos usar esse workshop para orientar reflexões em suas carreiras. O concurso Garota da Capa é uma ferramenta que tem nos ajudado a divulgar vários modelos que já passaram por essas decepções profissionais.

Quem é quem no workshop

Para Nina Sousa, que é engajada em obras sociais, o trabalho vai colocar em prática a missão de uma miss.

- Minha missão é realmente utilizar o meu título para poder dar força ao máximo possível de pessoas. Não pretendo parar por aqui. Quero ser uma pessoa com representatividade para as mulheres plus size do mundo - enfatiza a modelo, que vem conquistando títulos em sua carreira há alguns anos, tornou-se plus size aos 25, é estudante de Administração na Universidade Federal Fluminense e engajada em várias causas sociais, tem seu próprio projeto há mais de três anos, ensinando crianças estruturas de desenhos.

Para as orientações no ramo das artes cênicas, foi convidado o ator e diretor Rodrigo Hallvys, que é graduado em Teatro e pós-graduado em Arte e Produção Cultural no Brasil. Rodrigo vem produzindo eventos em Volta Redonda desde que chegou na cidade e também tem em seu currículo o Prêmio World Actors 2000 na categoria ator; e o Prêmio OLHO VIVO nas categorias: Grupo de Teatro 2008 (junto ao grupo Cênico Estudarte), Diretor (2009) e Espetáculo Teatral 2019 (junto ao grupo Cênico Estudarte, pela comédia “Mulheres Desesperadas”), além de Moção de Congratulações do Sated (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões), entregue pelas mãos do diretor Lúcio Roriz.

- Vejo como uma causa nobre. Aceitei de imediato. Várias partes do mundo estão em dificuldade e se podemos auxiliar em alguma coisa, mesmo que seja um pequeno percentual, ajudamos. Que seja levando orientação ou ânimo, estímulo ou esperança, mas que levemos coisas boas às crianças. É algo que vai contribuir com diversas pessoas de uma só vez, com orientações e ações, aqui através do workshop e do posterior desfile, e lá, através do projeto social dela, acredito.

O valor da inscrição no workshop será totalmente revertido para que a miss possa ter estrutura para fazer o projeto social na África. Rodrigo Hallvys e Nina Sousa abriram mão de cachês no objetivo de fazer o Missão Africa Boom poder atravessar o oceano e ajudar crianças que precisam de auxílio por lá também.

> Workshop de Teatro e Passarela - Com o ator e diretor Rodrigo Hallvys e a Miss Plus Size Nina Sousa. Dia 1º de março, das 15 às 18h, no Auê House. Rua Major Águiar - Centro, Volta Redonda. Realização: Cardeal Produções. Inscrições: R$ 15. Mais informações: (24) 99957-0833. Instagram: @cardealproducoes



Jornal Diário do Vale - 29/02/2020 - Caderno Lazer & Cia (Circuito)

Em direção à África
Auê House recebe na tarde deste domingo um workshop com Rodrigo Hallvys e Nina Sousa

Roberta Caulo

Um evento visando um projeto social em solo africano. Assim será o workshop que acontecerá nesta tarde de domingo, 1º de março, das 15h às 18h, no Auê House, em Volta Redonda.

O projeto faz parte de um dos eventos que visam criar estrutura beneficente para auxiliar a Miss Top of the World PS 2019 Nina Sousa a viajar para a África ainda neste semestre para um trabalho social com crianças do mesmo continente. Além do workshop, está sendo preparada uma noite de desfile de modelos que também terá sua renda voltada à viagem da miss para o ‘Missão Africa Bloom’.

Para a Miss Nina Sousa, engajada em obras sociais, o objetivo do trabalho é colocar em prática a missão de uma miss. “Meu propósito e minha missão são, realmente, utilizar o meu título para poder empoderar o máximo possível de pessoas. Levar minha missão pelo mundo, no momento na África, no projeto ‘Africa Bloom’. Não pretendo parar por aqui. Quero ser uma pessoa com representatividade para as mulheres plus size do mundo”, explica a modelo, que iniciou a carreira aos 17 anos.

Na parte de artes cênicas do workshop, foi convidado o recém premiado ator e diretor Rodrigo Hallvys, graduado em Teatro e pós-graduado em Arte e Produção Cultural no Brasil. Rodrigo vem produzindo diversos eventos em Volta Redonda desde que chegou na cidade e também coleciona prêmios de ator e diretor, além de outros junto ao grupo cênico Estudarte por seu elenco e espetáculos. “Aceitei assim que me explicaram o objetivo da missão na África. O mundo está em dificuldade e se podemos olhar para quem não tem como se proteger, vamos olhar. Através da arte podemos levar ânimo e alguma orientação. Então, vejo que o projeto da Nina é nobre”.

O valor da inscrição no workshop foi decidido de forma acessível e será revertido para que a miss possa ter estrutura para fazer o projeto social na África. Rodrigo Hallvys e Nina Sousa abriram mão de cachês no objetivo de fazer o ‘Missão Africa Boom’ poder atravessar o oceano e ajudar crianças que precisam de auxílio por lá também.

Serviço
Workshop de Teatro e Passarela
– Com o ator e diretor Rodrigo Hallvys e a Miss Plus Size Nina Sousa
Dia 1º de março, das 15h às 18h, no Auê House (Rua Maj. Águiar, Centro - Volta Redonda)
Realização: Cardeal Produções
Inscrições: R$ 15
Mais informações: (24) 99957-0833



Jornal A Voz da Cidade - 29/02/2020 - Caderno principal
(página 2)

Workshop aborda técnicas de teatro e passarela

Franciele Aleixo

A Cardeal Produções realiza neste domingo na boate Auê House um workshop de Teatro e Passarela. O evento acontece a partir das 15 horas, interessados em participar devem fazer inscrição através do telefone (24) 99957-0833. O ator e diretor de teatro Rodrigo Hallvys e a Top of World PS 2019, Nina Sousa ministrarão as palestras.

O evento tem como objetivo ofertar informações para aspirantes a moldelos e atores do Sul Fluminense, além de arrecadar fundos para o projeto 'Missão Africa Bloom', onde a Miss Top of the World PS 2019, Nina Sousa, estará prestando serviço social na África.

Segundo o fotógrafo João Paulo Cardeal, serão três horas de workshop envolvendo esclarecimento de dúvidas, orientações e experimentos práticos que podem direcionar as aptidões artísticas dos participantes. "Será uma oportunidade única. A região precisa de eventos para embasar o conhecimento aos modelos iniciados e principalmente aos postulantes à carreira, num evento acessível a todos e com dois ícones locais", explica o empresário.

Engajada em obras sociais, a Miss Nina Sousa, explica seu propósito na missão. "Minha intenção é usar meu título para poder emponderar o máximo possível de pessoas. Levar minha missão pelo mundo, no momento na África no projeto 'Africa Bloom'. Não prentendo parar por aqui. Quero ser uma pessoa com prepresentatividade para as mulheres Plus Size do mundo, que é o básico", destaca.

Para orientar aspirantes à carreira nas artes cênicas foi convidado o ator e diretor Rodrigo Hallvys, que está na Região Sul Fluminense há dez meses. "Quando me explicaram a intenção de missões na África eu abracei a causa. Há situações de dificuldade em todo o mundo e sabemos que a África vive algumas carências de acesso mais atenuadas do que as nossas. É uma forma de podermos orientar os nossos e, ao mesmo tempo, apoiarmos pessoas em dificuldade do outro lado do mundo. A arte é um caminho de superação, e sempe que consigo, apoio iniciativas assim. Este projeto vai contribuir para com diversas pessoas de uma só vez, com orientações e ações, acredito", explica Rodrigo.

OS PALESTRANTES

Nina iniciou sua carreira como modelo tradicional aos 17 anos. Aos 25 se tornou plus size e aos 28 conquistou o título de miss Rio de Janeiro Plus Size. Engajada em causas sociais e animais, tem seu próprio projeto social há mais de três anos, onde ensina ciranças a desenhar. Ativista 'body positive' ela é estudante de Administração na Universidade Federal Fluminense (UFF) e coleciona alguns títulos de miss em categorias diferentes durante sua carreira.

Graduado em Teatro e pós-graduado em Arte e Produção Cultural no Brasil, Hallvys, possui dezessete festivais de teatro no currículo, também colecionando passagens pela televisão e cinema, dois livros publicados, Prêmio World Actors 2000 de melhor atore e Prêmios Olho Vivo 2008 na categoria Grupo de Teatro (junto ao Grupo Cênico Estudarte / do qual é o diretor), 2009 na categoria Diretor; e 2019 na categoria Espetáculo de Teatro, também com o Estudarte, pela comédia 'Mulheres desesperadas', que completa doze anos em cartaz. Junto ao grupo ele também recebeu a Moção de Congratulações do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões, das mãos de Lúcio Roriz, em 2006. Também empresário, é proprietário da RH Soluções Artísticas.



Jornal Diário do Vale - 29/02/2020 - Coluna Social Mário Sergio

Zig-Zag



Mário Sergio

*A Cardeal Produções promove para este domingo, dia 1o de março, um workshop de Teatro e Passarela, no Auê House.
*O evento, que será ministrado pelo recém premiado ator Rodrigo Hallvys e a Miss Plus Size Nina Sousa, será constituído por orientações e algumas técnicas para quem quer seguir carreira artística ou no mundo dos desfiles.
*Os interessados podem entrar em contato pelo telefone (24) 9 9957-0833.



Portal Olho Vivo - 05/03/2020 - Lazer

Premium Café abriga segunda temporada de projetos culturais

Pequenas Leituras e Noites de Autógrafos seguem marcando calendário cultural com propostas diferenciadas em eventos da região

Divulgação / Thiago Giaccomeli


Sequência de sucesso: O Pequenas Leituras tem os atores Jaque Novaes, Lucas Goulart, Maycon Lendel e Samuel Grigório como escalados do Grupo Cênico Estudarte

Cláudio Alcântara


Dois projetos lançados em 2019 e que já estão em sua segunda temporada mantendo crescimento de público. Nos dias 12 e 13 de março, às 19h30, o Premium Café Brasil, em Volta Redonda, recebe o público para os eventos que sedia com a parceria da RH Soluções Artísticas, ambos com entrada gratuita, onde o público só paga o que consumir no local.

No o dia 12, quinta-feira, o Pequenas Leituras tem os atores Jaque Novaes, Lucas Goulart, Maycon Lendel e Samuel Grigório como escalados do Grupo Cênico Estudarte para as leituras dramatizadas que compõem o projeto. São cerca de 30 a 40 textos selecionados, onde o elenco faz um rodízio de leitura, criando vozes para as diversas personagens e levando o público às gargalhadas com diversas surpresas textuais.

- A cada edição substituímos parte dos textos. E como há escalação do elenco, sempre vira novidade na criação das vozes e nos roteiros seguidos. É uma surpresa para todos, inclusive para os próprios atores, já que eles só recebem os textos cerca de uma hora antes do evento e precisam criar as vozes ao vivo, divertindo o público - explica Rodrigo Hallvys, diretor geral dos eventos.

Segundo Hallvys, é um caminho do exercício de dublagem.

- As personagens existem ali. Os atores vão lendo e desenvolvendo vozes diferenciadas a cada mudança de texto. Algo no estilo das antigas radionovelas. E o público vai imaginando a cena acontecer. Então se torna divertido e a plateia se familiariza com as ocorrências.

“De todos os tempos”

Já na sexta-feira 13, o Noites de Autógrafos será de pura sorte na literatura. O livro que conquistou o Prêmio OLHO VIVO 2019, “De todos os tempos”, será a obra da noite. O escritor Márcio Castilho estará autografando os exemplares de quem os adquirir e batendo um papo informal com todos.

Castilho, que é integrante de algumas entidades, como a Academia Volta-redondense de Letras, reuniu nesta obra, textos importantes de sua trajetória.

- Minha paixão pela escrita poética vem desde a adolescência. Um dos motivos de ter intitulado o livro de “De todos os tempos” foi o fato de ter reunido poemas escritos por mim desde a década de 80 até os dias atuais, mesclando várias passagens temporais - explica.

Segundo ele, conquistar o Prêmio OLHO VIVO trouxe ainda mais alegria.

- Mais uma dose de estímulo em minha jornada literária. Fiquei contente, pois foi um daqueles momentos de reconhecimento do meu trabalho. Só tenho a agradecer por tanta gente ter lido e gostado do livro, votando nele - comemora, deixando claro que mais obras estão previstas para serem logo publicadas.

Enquanto isso, o público que ainda não adquiriu “De todos os tempos” terá oportunidade de comprar o exemplar por preço acessível e se deliciar com a obra.

Divulgação / Rodrigo Hallvys

Márcio Castilho ganhou o Prêmio OLHO VIVO 2019 - Categoria Livro

> Pequenas Leituras - Com o Grupo Cênico Estudarte. Terceira edição da segunda temporada - Dia 12 de março (quinta-feira), às 19h30, no Premium Café Brasil. Elenco escalado: Jaque Novaes, Lucas Goulart, Maycon Lendel e Samuel Grigório. Entrada franca e o público só paga a consumação.

> Noites de Autógrafos - Terceira edição da segunda temporada - Dia 13 de março (sexta-feira), às 19h30, no Premium Café Brasil. Obra: “De todos os tempos”. Autor: Márcio Castilho. Valor do exemplar: R$ 35.



Jornal A Voz da Cidade - 06/03/2020 - Coluna Social Matilde Basilio

Cultura I
Divulgação / João Paulo Cardeal
 

Cultura II
Divulgação / Thiago Giaccomeli / Rodrigo Hallvys

Março já começou de forma agitada e bem artística em Volta
Redonda. No primeiro dia do mês, a Cardeal Produções trouxe ao
Auê House um workshop de experimento em Teatro e Passarela
com o ator Rodrigo Hallvys e a Miss Plus Size 2019, Nina Sousa.
O evento que deixou a casa cheia, foi recheado de informações e
arrancou elogios do público participante. A iniciativa faz parte
do projeto de arrecadação de fins lucrativos para o 'Missão África
Bloom', no qual a miss estará participando no continente africano
durante alguns dias do mês de abril.

 
A próxima semana terá noites recheadas de diversão inteligente.
Na quinta-feira (12), o grupo cênico Estudarte apresentará mais
uma edição do 'Pequenas leituras'. Os atores escalados prometem
muita diversão e surpresa para o público. Na sexta-feira (13) o
projeto 'Noites de autógrafos' trará o premiado livro 'De todos os
tempos' com seu autor, Márcio Castilho. Ambos os eventos são
uma parceria da RH Soluções Artísticas com o Premium Café
Brasil, que sedia os projetos e começarão a partir das 19h30, com
entrada franca. A direção geral é de Rodrigo Hallvys.


Jornal A Voz da Cidade -
10/03/2020 - Caderno Principal (página 2)

Dois eventos culturais acontecem nesta semana
'Pequenas leituras' tem sua terceira edição do ano na quinta-feira e
'Noites de autógrafos' traz o premiado Márcio Castilho na sexta
Foto: Divulgação

Franciele Aleixo

Março chega com sua sequência cultural promovida pela RH Soluções Artísticas no Premium Café Brasil (espaço anexo ao Teatro Gacemss 1). Na quinta-feira, 12, o grupo cênico Estudarte estará com sua terceira edição da segunda temporada do 'Pequenas leituras' trazendo Jaque Novaes, Lucas Goulart, Maycon Lendel e Samuel Grigório nas leituras dramatizadas de diversos textos em uma noite que vem se tornando marcante para quem acompanha o projeto.

Já na sexta-feira acontece o 'Noites de autógrafos' com o autor Márcio Castilho apresentando seu livro 'De Todos os Tempos', o exemplar será vendido por R$35. Ambos os eventos acontecem a partir das 19h30min, possuem entrada franca e o público só paga o que consumir no local.

De acoro com o diretor geral dos eventos, Rodrigo Hallvys, 'Pequenas Leituras' tem alcançado aumento de público a cada edição, faz parte da oficina anual de interpretação cênica do Estudarte e, com seu rodízio, exercita projeção de diversos tipos de vozes através da leitura dos texxtos. "De alguma forma o público tem demonstrado paixão pelo evento porque, além de divertidos, os textos passam a ter interpretações diferentes pelas entonações e ritmos vocais que os elencos escalados vão desempenhando. A cada edição inserimos alguns textos novos no lugar de outros antigos. Então todo mês tem novidades e não fica enjoativo", explica Rodrigo Hallvys, diretor geral dos eventos.

Segundo o diretor, o rodízio tem trazido oportunidade de construção para os atores e de reflexões diferentes para o público que frequenta. "São de trinta a quartenta pequenos textos lidos por edição. Eu os entrego aos atores uma hora antes de iniciarmos a edição. Significa que eles não têm tempo para construir nada previamente. Então exercitam o improviso, a respiraçao e a criação das vozes ao vivo. É um desafio e uma diversão. Porque o público se surpreende com as alterações vocais e começa a rir", explica.

Para sexta-feira, 13, a sorte estará presente paa quem tiver a possibilidade de ir ao 'Noites de autógrafos'. A edição terá o escritor Márcio Castilho autorgrafando seu recém premiado livro 'De Todos os tempos'.

O escritor e poeta Voltarredondense cursa Licenciatura em Ciências Biológicas pela UFRJ, é funcionário público, membro da Academia Mundial de Cultura e Literatura (AMCL), da Sociedade Brasileira dos Poetas Aldravianistas (SBPA), da Academia Voltarredondense de Letras (AVL), da Academia de Artes e Letras do Brasil (Acilbras), da Academia Brasileira Camarquiana (ABC) e da Academia Independente de Letras (AIL).

Durante seu vasto percurso de produções literárias, publicou vários poemas em jornais alternativos de Brasília e da região Sul Fluminense e participou de diversas antologias. Seu primeiro livro, intitulado 'De Todos Os Tempos', foi lançado no ano passado durante a 5ª feira do Livro de Resente (Flir), e está atualmente em sua segunda edição. Recentemente 'De Todos os Tempos' foi premiado como melhor livro de 2019 pelo Jornal Olho Vivo.

Para o escritor, este é um movimento cultural duplo que tem conquistado o público gerando oportunidade de consumo artístico de forma acessível em Volta Redonda. "Minha paixão pela escrita poética que já vem desde a adolescência. Um dos motivos de ter intitulado o livro de "DE Todos Os T empos" foi o fato de ser reunido poemas escritos por mim desde a década de 80 até os dias atuais, mesclando várias passagens temporais - conta Márcio Castilho, completando sobre o que vem por aí: "Tenho vários projetos em mente, porém citarei dois: "De Todos os Tempos" se tornará uma trilogia e o outro projeto é fazer um livro de aldravias, poesias minimalistas", cita.


Portal Olho Vivo - 15/03/2020 - Música

Concurso vai escolher novas integrantes do grupo Sublimes

Cantoras afrodescendentes precisam ser do Sul Fluminense; marca registrada pertence à empresa RH Soluções Artísticas, de Volta Redonda

Divulgação / Alexander Rodrigues


Karla Prietto, Isabel Fillardis, Rodrigo Hallvys, Flávia Santana e Lilian Valeska

Cláudio Alcântara


Rodrigo Hallvys, responsável pela RH Soluções Artísticas, vai selecionar cantoras para a nova formação do grupo As Sublimes, que ficou famoso na década de 90. As inscrições são gratuitas e acontecem até 31 de maio, por e-mail. As cantoras interessadas precisam ser afrodescendentes e ter de 18 a 23 anos. É necessário residir no Sul Fluminense, que é composto pelas seguintes cidades: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Paraty, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda.

Cada candidata precisa produzir e enviar link de seu vídeo para análise vocal, cantando música de uma das seguintes artistas: As Sublimes, Beyoncé Knowles, Brick & Lace, Cher, Crystal Waters, Cyndi Lauper, Deborah Blando, Destiny´s Child, En Vogue, Fat Family, Leona Lewis, Mariah Carey, Mónica Naranjo, Samantha Mumba, Shanice, SNZ, The Pussycat Dolls, The Supremes, TLC, Toni Braxton e Whitney Houston.

A composição do e-mail à RH Soluções Artísticas (o endereço está no fim da matéria) deve possuir o nome completo da candidata, nome artístico, data de nascimento, altura, manequim, endereço, telefone para contato e foto (de estúdio) de rosto, meio-corpo e corpo inteiro. E anexar imagem digitalizada da certidão de nascimento e do comprovante de residência, além do link do vídeo.

A primeira etapa será feita analisando o referido material e as selecionadas serão convocadas ainda neste ano para as audições presenciais, que contam com a supervisão do produtor artístico Sérgio Garloppa.

Quem é Rodrigo Hallvys

Com menos de um ano em Volta Redonda, Rodrigo Hallvys tem se dedicado a vários produtos de sua empresa, a RH Soluções Artísticas, promovendo mensalmente eventos artísticos diferentes, envolvendo o Grupo Cênico Estudarte, que recebeu o Prêmio OLHO VIVO 2019 pela comédia “Mulheres desesperadas” na Categoria Espetáculo.

O artista decidiu que está na hora de encontrar as novas integrantes para o grupo As Sublimes e que um dos critérios é que as três sejam Sul Fluminense.

- Nasci em Volta Redonda e boa parte da minha carreira foi produzida na região junto ao Estudarte, que é outro de nossos produtos. Venho no objetivo de promover artistas da região e creio que com esse concurso também será possível - comenta.

Uma história inusitada

Uma chance nunca vista no Sul Fluminense. Assim pode ser resumida a seleção que busca as três cantoras que irão compor a nova formação do grupo As Sublimes. Famoso na década de 90, a primeira formação contava com Isabel Fillardis (a Ritinha da novela “Renascer”), Karla Prietto e Lilian Valeska (que mais tarde foi uma das protagonistas da série “Sexo e as negas”) e teve o videoclipe de “Boneca de fogo”, sua primeira música de trabalho, lançado com exclusividade no programa dominical “Fantástico”, da Rede Globo.

Menos de uma semana depois a música já estava entre as mais tocadas de todas as rádios do país e o grupo alcançou o estrelato, sendo o primeiro formado apenas por mulheres negras no Brasil, fato que se tornou um divisor de águas, trazendo as cantoras como referência para diversas meninas afrodescendentes.

Estampando editorias de jornais e revistas, participando de programas de televisão, elas emplacaram mais quatro músicas do primeiro disco, entre elas, “Tyson free” (a qual elas gravaram contrariadas) e “Menina mulher da pele preta”, um hit de Jorge Benjor que teve videoclipe premiado em Nova York.

Divulgação

As Sublimes 1993 - Lilian Valeska, Karla Prietto e Isabel Fillardis
Divulgação

As Sublimes 1997 - Lilian Valeska, Flávia Santana e Karla Prietto
A segunda formação do grupo

O grupo conquistou elogios do público por sua sensualidade sem apelações e, dois anos após o lançamento do primeiro álbum, Isabel deixou o grupo por incompatibilidade de sua agenda entre as gravações da novela “A próxima vítima” e os shows do trio. A cantora Flávia Santana foi escolhida por sua voz firme e, ao lado de Karla e Lilian, lançou o segundo disco do grupo em 1997, emplacando “Eu queria um amor” e “Só pra ser” nas rádios nacionais com versões originais e remixes.

O fim do grupo - fãs órfãos

Em meio a seis meses já marcados de participações em programas de TV, shows agendados e iniciando a gravação de seu terceiro disco, As Sublimes e vários artistas tiveram seus contratos encerrados com a gravadora, fazendo com que as integrantes se separassem e seguissem suas carreiras artísticas individualmente.

Dentre os fãs que se aborreceram com a situação estava o então ator volta-redondense Rodrigo Hallvys, conhecido entre os fãs por acompanhar e colecionar material sobre o grupo.

- Recebi a notícia com espanto. O grupo estava com diversos shows já agendados e tudo foi paralisado. E sabíamos que o problema não era entre elas. Bateu um vazio. Eu queria fazer alguma coisa, mas ainda era adolescente e estava construindo minha carreira. Foi com a internet que conheci um número enorme de outros fãs que começaram a falar que o grupo precisava voltar. Então eu não me sentia órfão sozinho - detalha Hallvys.

Foi então que Hallvys conheceu as cantoras, criou o projeto de uma nova formação com apoio das artistas e comprou a marca registrada As Sublimes.

A volta temporária do grupo

Coincidentemente, anos depois, iniciou-se uma campanha virtual chamada “Volte Sublimes”, fato que inspirou Hallvys a reunir as quatro ex-integrantes para fazer um vídeo cantando em homenagem aos fãs.

- Elas ficaram emocionadas com o carinho e deram a sugestão de voltar temporariamente até que eu decidisse iniciar a busca para as três novas cantoras - conta, detalhando as aparições das Sublimes desde então.

- Tivemos apresentações no Teatro Rival/Petrobras e, em 2019, no Circo Voador. Contudo, nossas agendas não se coincidem mais. Hoje Isabel está na Record e Karla faz backing vocal para o Xande de Pilares. Lilian foi protagonista da série “Sexo e as negas” e esteve no elenco de “Malhação”, atualmente é disputada entre produções de espetáculos musicais pelo país todo, estando, ao lado da Flávia, no elenco do premiado musical “A cor púrpura”, que está em turnê pelo Brasil. Então resolvi seguir com o projeto.

_______________________________________________________
Fique de Olho

> Seleção As Sublimes - Candidatas afrodescendentes de 18 a 23 anos devem enviar e-mail com o assunto “Seleção As Sublimes” para rhsolucoesartisticas@gmail.com contendo:
. Link de vídeo cantando música de uma das referências;
. Nome completo, nome artístico e data de nascimento;
. Altura e manequim;
. Endereço e telefone para contato;
. Fotos (de estúdio) de rosto, meio-corpo e corpo inteiro;
. Imagem digitalizada do comprovante de residência e certidão de nascimento.
As inscrições são gratuitas e acontecem até 31 de maio.



Jornal A Voz da Cidade -
16/03/2020 - Caderno Variedades (capa)

As Sublimes
Abertas as inscrições para seleção de
cantoras da nova formação do famoso grupo

Franciele Aleixo

Uma oportunidade diferenciada para cantoras de cidades do Sul Fluminense começa a acontecer durante os próximos meses. Uma seleção para compor a nova formação do famoso grupo feminino de Soul Music 'As Sublimes' é mais um dos produtos da RH Soluções Artísticas que está se iniciando em 2020.

Era 1993 e o programa dominical 'Fantástico', da Rede Globo, apresentava o videoclipe do hit 'Boneca de Fogo', primeira música de trabalho do trio formado por Isabel Fillardis, Karla Prietto e Lílian Valeska, lançado pela Sony Music. Em poucos dias a música se tornou febre em todas as rádios do país e o grupo passou a ser referência para meninas e mulheres afrodescendentes no Brasil, tendo em vista que era o primeiro grupo vocal só de mulheres negras a consquistar a mídia.

AS SUBLIMES

Inspirado no trio 'The Supremes', que lançou Diana Ross, Florence Ballard e Mary Wilson ao estelado na década de 60, a formação brasileira emplacou mais outras quatro músicas nas rádios, dentre elas 'Tyson Free' e 'Menina Mulher da Pele Preta'; teve algumas delas participando de coletãneas nacionais, foram musas da Copa do Mundo 1994 e estiveram presente em diversos programas de televisão, além de estamparem campanhas em jornais e revistas.

Dois anos depois Isabel Fillardis, com a carreira a todo vapor como atriz em novelas da Globo, precisou deixar o grupo, sendo substituída por Flávia Santana,q ue ao lado de Karla e Lilian, lançou o segundo disco em 1997, com o grupo emplacando as músicas 'Eu queria um amor' e 'Só pra ser' também nas rádios.

Um ano mais tarde, 'As Sublimes' e outros artistas foram atingidos por problemas de produção no mundo musical e os contratos foram encerrados quando elas preparavam seu terceiro disco.

Dentre os fãs que se incomodaram com o desmonte estava Rodrigo Hallvys, ator e empresário volta-redondense, que seguia a trajetória do grupo e colecionava material sobre o mesmo. "Era uma sensação de que eu estava ficando órfão de algo. Fiquei incomodado e prometi para mim mesmo que não deixaria a história morrer, mas eu tinha apenas dezessete anos, estava construindo minha carreira. Não sabia como poderia mudar o quadro. Só sabia que alguma coisa tinha que ser feita. Com o advento da internet conheci uma quantidade enorme de outros fãs, que me pegaram como referência pela quantidade de material acumulado. - explica Rodrigo.

O tempo passou, o ator conheceu as integrantes e, anos depois, tornou-se proprietário da marca registrada 'As Sublimes', passando o grupo a ser um produto da RH Soluções Artísticas. "Foi aí que tivemos apresentações do grupo no Teatro Rival/Petrobrás e, em 2019, elas estiveram no palco do baile Charme Show, no Circo Voador, Rio de Janeiro", detalha.

Quando Hallvys promoveu o reencontro do grupo como resultado da campanha 'Volta Sublimes', havia a ideia de uma nova formação. Porém, as cantoras ficaram tão emocionadas com a manifestação dos fãs que cogitaram seu breve retorno. "O que dificultou o retorno foi conciliar as agendas. Isabel está na Rede Record, Karla viaja pelo país cantando com o Xande de Pilares, Flávia Santana e Lílian Valeska (que protagonizoua série 'Sexo e as negas' e é a atual diva do teatro musical brasileiro) estão em turnê com o premiado musical 'A cor púrpura'. Então resolvi iniciar o projeto de seleção para a nova formação, que terá audições por fases de acordo com os timbres vocais", comenta o empresário, que conta com o apoio do produtor artístico, Sérgio Garloppa.

AS INSCRIÇÕES

As candidatas interessadas precisam ser afrodescendentes, ter de 18 a 23 anos, e serem residentes ou nascidas em alguma das cidades do Sul Fluminense: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Paraty, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda. As inscrições são gratuitas e acontecem até 31 de maio, o email de contato é rhsolucoesartisticas@gmail.com.

Cada candidata deve produzir e enviar link de seu vídeo para análise vocal, tendo como referências músicas de alguma das seguintes artistas: As Sublimes, Beyoncé Knowles, Brick & Lace, Cher, Crystal Waters, Cyndi Lauper, Deborah Blando, Destiny's Child, Em Vogue, Fat Family, Leona Lewis, Mariah Carey, Mónica Naranjo, Samantha Mumba, Shanice, SNZ, The Pussycat Dolls, The Supremes, TLC, Toni Braxton e Whitney Houston.
Além do link de vídeo, cada candidata também deverá enviar no corpo do e-mail para a empresa (presente ao fim da matéria) seu nome completo, nome artístico, data de nascimento, altura, manequim, endereço, telefone para contato e foto (de estúdio) de rosto, meio-corpo e corpo inteiro. E anexar imagem digitalizada do comprovante de residência e certidão de nascimento. As selecionadas a partir do material serão chamadas para as etapas de audições ainda neste ano.



Jornal Diário do Vale - 16/03/2020 - Coluna Social Mário Sergio

Zig-Zag



O ator e diretor Rodrigo Hallvys entre as Sublimes: Karla Prietto, Isabel Fillardis, Flávia Santana e Lílian Valeska

Mário Sergio

*O famoso grupo de black music 'As Sublimes', que estourou nas rádios do Brasil nos anos 90, terá audições seletivas para sua nova formação.
*A marca registrada pertence à empresa RH Soluções Artísticas, do ator volta-redondense Rodrigo Hallvys e ele decidiu que as três novas integrantes serão cantoras do Sul Fluminense.
*As inscrições são gratuitas e podem ser feitas do dia 16 de março a 31 de maio, seguindo os critérios que estão nas redes sociais da empresa. @rhsolucoesartisticas.
*Rodrigo Hallvys é graduado em Teatro, Pós-graduado em Arte e Produção Cultural no Brasil. Seu site: www.rodrigohallvys.com.br
*Ontem, no programa The Voice Kids, uma participante de Volta Redonda, fez sucesso e foi alvo de atenções, trata-se de Karen Silva, que interpretou música da cantora Iza.
* Ela acabou sendo apadrinhada pelo cantor Carlinhos Brown.
* Aliás, não é esta a primeira vez que candidatas de Volta Redonda, conquistam o título máximo.
* Barra Mansa também tem revelado neste programa seus talentos.



Jornal A Voz da Cidade - 17/03/2020 - Coluna Social Fábio Soares

Novas Sublimes


Uma oportunidade para cantoras negras de 18 a 23 anos do Sul Fluminense. A RH Soluções Artísticas está abrindo as inscrições para interessadas a participar das audições que vão compor a nova formação do extinto grupo 'As Sublimes', que fez sucesso na década de 90, tornou-se o único grupo formado apenas por cantoras negras a fazer sucesso no Brasil e já teve Isabel Fillardis, Karla Prietto, Lilian Valeska e Flávia Santana entre suas integrantes.

As cantoras fizeram revezamento de formação nos últimos anos, se apresentando pela última vez no Circo Voador, em 2019 e, com a dificuldade de conciliação de agendas, a empresa decidiu montar a nova formação. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas do dia 16 de março a 31 de maio, seguindo os critérios que estão nas redes sociais da empresa. @rhsolucoesartisticas.

Na foto: Rodrigo Hallvys (proprietário da RH Soluções Artísticas) ladeado pelas Sublimes Karla Prietto, Isabel Fillardis, Flávia Santana e Lílian Valeska. Crédito da foto: Divulgação/Alexander Rodrigues.



Jornal A Voz da Cidade - 20/03/2020 - Coluna Social Matilde Basilio

Concurso 'As novas Sublimes'


Uma oportunidade inédita para cantoras negras do Sul Fluminense. A empresa RH Soluções Artísticas, do ator volta-redondense Rodrigo Halvys, está com inscrições abertas até o dia 31 de maio para cantoras interessadas em participar das audições que criarão a nova formação do famoso grupo musical 'As Sublimes', que estourou nas rádios do B rasil nos anos 1990 e foi o único grupo formado apenas por cantoras negras a alcançar tal sucesso no país. As inscrições são gratuitas e os critérios estão nas redes sociais da empresa @rhsoluçõesartisticas.



Jornal LiVRe - 21/03/2020 - Cultura

Audição para cantoras



Adriano de Souza

Uma oportunidade diferenciada para cantoras afrodescendentes das cidades do Sul Fluminense se inicia neste mês de março. Visando constituir a nova formação do grupo musical As Sublimes, que fez sucesso nacional na década de 90, a RH Soluções Artísticas (proprietária da marca) abre inscrições para aspirantes às vagas que compõe o trio.

Formado no início dos anos 90 pelas atrizes globais Isabel Fillardis (a Ritinha da novela 'Renascer) e Lílian Valeska (a Lia da série 'Sexo e as Nêgas) e a modelo internacional Karla Prietto, As Sublimes tiveram seu primeiro álbum lançado pela Sony Music em 1993, com a primeira música de trabalho 'Boneca de fogo', sendo lançada com exclusividade no 'Fantático', da Rede Globo.

Interessadas em se candidatar devem seguir rigorossamente os critérios predispostos na seleção. Precisam ser afordescendentes de 28 a 23 anos, e serem residentes ou nascidas em alguma das cidades do Sul Fluminense: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Paraty, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda.

Além disto deverão produzir e enviar link de seu vídeo para análise vocal; tendo como referências, músicas de algumas as seguintes artistas: As Sublimes, Beyoncé Knowles, Brick & Lace, Cher, Crystal Waters, Cyndi Lauper, Deborah Blando, Destiny's Child, En Vogue, Fat Family, Leona Lewis, Mariah Carey, Mónica Naranjo, Samantha Mumba, Shanice, SNZ, The Pussycat Dolls, The Supremes, TLC, Toni Braxton e Whitney Houston.

Também é exigido que cada candidatas envie um e-mail para a empresa (veja endereço no fim da matéria) com seu nome completo, nome artístico, data de nascimento, altura, manequim, endereço, telefone para contato e foto (de estúdio) de rosto, meio corpo e corpo inteiro. E anexar imagem digitalizada da certidão de nascimento e comprovante de residência. As candidatas que forem selecionadas a partir do material serão convocadas para as etapas de audições, que estão programadas para ocorrer ainda neste ano.


Jornal A Voz da Cidade -
01/07/2020 - Caderno Principal (página 2)

Prorrogadas as inscrições
para seleção 'As Sublimes'

As interessadas precisam ser afrodescendentes e ter entre 18 e 23 anos
Foto: Divulgação

Franciele Aleixo

Estão prorrogadas até o dia 31 de julho as inscrições para a seleção 'As Sublimes' na região Sul Fluminense. As interessadas precisam ser afrodescendentes e ter entre 18 e 23 anos, elas devem enviar e-mail com assunto 'Seleção As Sublimes' para rhsolucoesartisticas@gmail.com. As inscrições podem novamente ser prorrogadas se o isolamento social continuar. Algumas das antigas integrantes já confirmaram presenças como juradas na fase final do concurso, que deve acontecer ainda neste ano.

O e-mail precisa conter: nome completo, nome artístico e data de nascimento; altura e manequim; endereço e telefone para contato; fotos (de estúdio) de rosto, meio-corpo e corpo inteiro; imagem digitalizada do comprovante de residência e certidão de nascimento e link de vídeo cantando música de uma das referências solicitadas como: As Sublimes, Beyoncé Knowles, Brick & Lace, Cher, Crystal Waters, Cyndi Lauper, Deborah Blando, Destiny's Child, En Vogue, Fat Family, Leona Lewis, Mariah Carey, Mónica Naranjo, Samantha Mumba, Shnice, SNZ, The Pussycat Dolls, The Supremes, TLC, Toni Braxton e Whitney Houston.

Diante do atual cenário de isolamento social, a RH Soluções Artísticas (detentora da marca registrada do grupo) e a Garloppa1 Produções (co-produtora do processo seletivo) vieram a público anunciar a prorrogação do prazo da primeira fase, que consiste no envio do material.

De acordo com o proprietário da RH Soluções Artísticas e idealizador do processo seletivo, Rodrigo Hallvys, um grande material já foi recebido, mas apenas de Volta Redonda. "Recebemos uma quantidade grande de e-mails sobre a dificuldade de preparar alguns dos materiais que exigimos alegando que as pessoas não estão podendo se encontrar. Para se ter uma ideia, até agora só recebemos materiais de cantoras de Volta Redonda e acreditamos que, embora o aumento do consumo de mídias virtuais em redes sociais, a quantidade de informações diárias sobrecarregou as atenções das pessoas, que não ficaram cientes do concurso", explica Hallvys. O concurso aceita inscrições de moradoras das cidades de
Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Paraty, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda.

Para saber mais sobre 'As Sublimes' acesse www.assublimes.com.br



Jornal A Voz da Cidade - 01/07/2020 - Coluna Social Fábio Soares

Concurso Sublimes


A RH Soluções Artísticas em parceria com a Garloppa1 Produções, abre as inscrições para audições de cantoras afrodescendentes nas cidades da região Sul Fluminense, de 18 a 23 anos, para seleção da nova formação do famoso trio de sucesso dos anos 90, Sublimes. Para maiores informações visite o site www.assublimes.com.br



Jornal Diário do Vale - 03/07/2020 - Coluna Social Mário Sergio

Zig-Zag

Foto: Divulgação

As Sublimes: Karla Prietto, Isabel Fillardis e Lilian Valeska (primeira formação do grupo, nos anos 90).

Mário Sergio
*Foi prorrogado o prazo para o processo seletivo que vai escolher as três novas integrantes do grupo musical 'As Sublimes', sucesso dos anos 90.
*Com o isolamento social, gerou-se dificuldade de produção de material por parte de várias cantoras interessadas e a RH Soluções Artísticas (empresa de Rodrigo Hallvys, detentor da marca registrada) e a Garloppa1 Produções resolveram prorrogar até o dia 31 de julho, a princípio.
*Cantoras afrodescendentes de 18 a 23 anos, moradoras de alguma das quatorze cidades do Sul Fluminense podem se inscrever gratuitamente.
*As informações estão no site www.assublimes.com.br



Jornal Diário do Vale - 07/07/2020 - Lazer & Cia

Cantoras do Sul Fluminense podem se inscrever
para nova formação do grupo 'As Sublimes'


'As Sublimes': Na foto estão Karla Prietto, Isabel Fillardis, Rodrigo Hallvys, Flávia Santana e Lilian Valeska

Roberta Caulo

Com o isolamento social iniciando quando começaram as divulgações para o teste gratuito que vai selecionar as três novas integrantes do famoso trio “As Sublimes”, as empresas que estão produzindo as fases de seleção anunciaram a prorrogação, visando manter a oportunidade para quem ainda não conseguiu enviar o material para análise.
– Recebemos e-mails de várias interessadas comentando as dificuldades que estavam tendo para preparar o material com um mínimo de qualidade, por não terem equipamentos e não poderem encontrar pessoas que pudessem auxiliá-las diante do isolamento social. Vimos que só havíamos recebido material de candidatas de Volta Redonda e nossa ideia é termos candidatas de todas as cidades do Sul Fluminense. Acreditamos que o rápido crescimento da vida virtual perante a pandemia pode também ter sobrecarregado de informações e dificultado alcançar as pessoas, que não ficaram cientes do concurso – explica Rodrigo Hallvys, proprietário da RH Soluções Artísticas (detentora da marca registrada do grupo).
O teste está sendo coproduzido pela Garloppa1 Produções e pretende finalizar as três fases do mesmo até o fim do ano, decidindo as três novas integrantes.

As Sublimes

Com primeiro disco lançado pela Sony Music em 1993, As Sublimes ficaram conhecidas por ser o primeiro grupo feminino composto apenas por negras brasileiras a fazer sucesso no país, tendo videoclipe de sua primeira música de trabalho, “Boneca de Fogo”, lançado pelo programa Fantástico, da Rede Globo. A formaçãoinicial contava com Isabel Fillardis, a cantora e modelo internacional Karla Prietto e a diva do teatro musical brasileiro, Lilian Valeska. O trio ainda emplacou as músicas “Menina Mulher da Pele Preta”, “Tyson Free”, “Stop” e “A Última Ilusão” nas rádios, incluindo participações especiais de Luiz Melodia e Jorge Benjor no disco.
Pouco tempo depois de receber um prêmio pelo videoclipe de “Menina Mulher da Pele Preta” nos Estados Unidos, o programa Vídeo Show anunciou a saída de Isabel, sendo substituída pela cantora Flávia Santana. A segunda formação lançou, em 1997, o álbum seguinte, que foi produzido em solo estadunidense e contou com participação de Mary Wilson e Lulu Santos.
Ao iniciarem as gravações de seu terceiro álbum, as gravadoras passaram a sofrer alterações e diversos artistas tiveram seus contratos interrompidos, não finalizando o disco e tendo a música “Eu não vou”, de autoria do trio, lançada pelo grupo Fat Family, marcando o início de seu hiato.
Há alguns anos fãs iniciaram uma campanha para o retorno do grupo, o que repercutiu no reencontro das integrantes, que se sensibilizaram e propuseram fazer algumas apresentações avulsas, ocorridas de 2014 a 2019, se encerrando pela dificuldade de conciliação em suas agendas.

Sobre o concurso

Em 2011 o ator e diretor Rodrigo Hallvys, fã do grupo, deu entrada na documentação para se tornar detentor da marca registrada do grupo, no intuito de montar uma nova formação e, como nasceu em Volta Redonda, agora ele decidiu abrir a seleção entre as cidades para criar uma nova possibilidade para cantoras da região Sul Fluminense.
– As dificuldades que nós, artistas mais velhos, já passamos para construirmos as carreiras, foram muito diferentes dos artistas que estão em cidades com investimento em área artística. Por outro lado, as pessoas consomem arte todos os dias e não percebem, ou seja, dá para vender arte como produto e contexto de qualidade. Creio que, fazendo a seleção aqui, podemos criar mais uma oportunidade para as cantoras que estão dentro dos critérios mostrarem seus trabalhos também – esclarece Rodrigo, confirmando que as inscrições devem ir ao menos até o fim de julho e que algumas das antigas integrantes já confirmaram presença como juradas na fase final do concurso, que deve acontecer ainda neste ano.

As inscrições

As candidatas interessadas precisam ser afrodescendentes, ter de 18 a 23 anos, e serem residentes ou nascidas em alguma das cidades do Sul Fluminense: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Paraty, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda.
A candidata deve enviar e-mail com o assunto “Seleção As Sublimes” para (rhsolucoesartisticas@gmail.com), contendo: nome completo, nome artístico e data de nascimento; altura e manequim; endereço e telefone para contato; fotos (de estúdio) de rosto, meio-corpo e corpo inteiro; imagem digitalizada do comprovante de residência e certidão de nascimento; link de vídeo cantando música de uma das referências (cada candidata deve produzir e enviar link de seu vídeo para análise vocal, tendo como referências músicas de alguma das seguintes artistas: As Sublimes, Beyoncé Knowles, Brick & Lace, Cher, Crystal Waters, Cyndi Lauper, Deborah Blando, Destiny’s Child, En Vogue, Fat Family, Leona Lewis, Mariah Carey, Mónica Naranjo, Samantha Mumba, Shanice, SNZ, The Pussycat Dolls, The Supremes, TLC, Toni Braxton e Whitney Houston);

Serviço

Mais informações pelos telefones: (21) 97604-7747 – RH Soluções Artísticas e (24) 99278-4583 – Garloppa1 Produções. Ou nos sites (www.assublimes.com.br) e (www.rhsolucoesartisticas.com.br)



Nosso Jornal BM - 07/07/2020 - Diversão

Concurso elegerá novas cantoras do grupo ‘As Sublimes’

Cláudio Ferreira

Um teste diferente para cantoras do Sul Fluminense poderem mostrar seus trabalhos. A nova formação do grupo ‘As Sublimes’, sucesso nos anos 90, será composta por cantoras da região, através de um processo de audições que estão com as inscrições abertas.

O processo é produzido pela RH Soluções Artísticas (detentora da marca) e a Garloppa1 Produções, que pretendem já estar com as novas cantoras em estúdio até o fim deste ano para gravarem nova música.

Segundo Rodrigo Hallvys, proprietário da RH Soluções Artísticas, as inscrições se prolongaram devido aos acontecimentos envolvendo o isolamento social.

-Várias interessadas começaram a nos enviar e-mail explicando suas dificuldades para produzirem parte dos materiais de análise perante não terem acesso a equipamentos durante este momento. Até o momento só recebemos materiais de cantoras de Volta Redonda e temos intenção de cobrirmos as quatorze cidades da região – explica Hallvys, confirmando que as inscrições são gratuitas e que algumas das antigas integrantes já confirmaram presença como juradas na última fase do processo seletivo.

AS SUBLIMES

Tendo seu primeiro disco lançado em 1993, pela gravadora Sony Music, As Sublimes ficaram conhecidas como o primeiro grupo feminino composto apenas por negras brasileiras a fazer sucesso no país, com lançamento de seu primeiro videoclipe, Boneca de Fogo, lançado pelo programa Fantático, da Rede Globo.
A formação inicial contava com a também atriz Isabel Fillardis (a Ritinha da novela Renascer), a cantora e modelo internacional Karla Prietto (capa do sabonete Lux na Nigéria nos anos 80) e a atual diva do teatro musical brasileiro, Lilian Valeska (que depois protagonizou as séries ‘Sexo e as Negas’ e ‘Malhação’). Elas ainda emplacaram as músicas ‘Menina Mulher da Pele Preta’, ‘Tyson Free’, ‘Stop’ e ‘A Última Ilusão’ nas rádios, incluindo participações de Luiz Melodia e Jorge Benjor no álbum.

No ano seguinte o trio recebeu um prêmio pelo videoclipe de ‘Menina Mulher da Pele Preta’ nos Estados Unidos e, logo após, o programa Video Show anunciou a saída de Isabel, sendo substituída pela cantora Flávia Santana. A segunda formação lançou, em 1997, o álbum seguinte, que foi produzido em sono estadunidense e contou com participação de Mary Wilson e Lulu Santos.

Ao iniciar a produção do terceiro disco, o grupo e outros artistas foram afetados por alterações sofridas pelas gravadoras, e tiveram seus contratos interrompidos, não finalizando o disco e tendo a música ‘Eu não vou’, de autoria do trio, lançada pelo grupo Fat Family, marcando o início de seu hiato.

Anos mais tarde fãs do grupo se uniram para uma campanha pedindo o retorno, fato que repercutiu no reencontro das integrantes que, se sensibilizaram e propuseram fazer algumas apresentações avulsas, ocorridas de 2014 a 2019, se encerrando pela dificuldade de conciliação em suas agendas.

SOBRE O CONCURSO

Em 2011 o ator volta-redondense Rodrigo Hallvys, também fã do trio, deu entrada na documentação para se tornar detentor da marca registrada do grupo, no intuito de montar uma nova formação e, como nasceu em Volta Redonda, agora ele decidiu abrir a seleção entre as cidades para criar uma nova possibilidade para cantoras da Região Sul Fluminense.

-Sabemos que artistas do interior vivem dificuldades diferentes dos que estão em cidades que possuem mais investimento na área artística. Isso não é uma novidade. Por outro lado, as pessoas consomem arte todos os dias e não percebem, ou seja, dá para vender arte como produto sem perder o lado contextual. Então creio que, fazendo os testes aqui, possamos criar mais uma oportunidade para as cantoras que estiverem dentro dos critérios mostrarem seus trabalhos também – esclarece Hallvys.

AS INSCRIÇÕES

As cantoras interessadas precisam ser afrodescendentes, ter de 18 a 23 anos, e serem residentes ou nascidas em alguma das cidades do Sul Fluminense: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Paraty, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda.

Enviar e-mail com o assunto ‘Seleção As Sublimes’ para rhsolucoesartisticas@gmail.com, contendo:
.Nome completo, nome artístico e data de nascimento;
.Altura e manequim;
.Endereço e telefone para contato;
.Fotos (de estúdio) de rosto, meio-corpo e corpo inteiro;
.Imagem digitalizada do comprovante de residência e certidão de nascimento.;
.Link de vídeo cantando música de uma das referências (Cada candidata deve produzir e enviar link de seu vídeo para análise vocal, tendo como referências músicas de alguma das seguintes artistas: As Sublimes, Beyoncé Knowles, Brick & Lace, Cher, Crystal Waters, Cyndi Lauper, Deborah Blando, Destiny’s Child, En Vogue, Fat Family, Leona Lewis, Mariah Carey, Mónica Naranjo, Samantha Mumba, Shanice, SNZ, The Pussycat Dolls, The Supremes, TLC, Toni Braxton e Whitney Houston);

Mais informações pelos telefones: (21) 9 7604-7747 – RH Soluções Artísticas e (24) 9 9278-4583 – Garloppa1 Produções
Sites: www.assublimes.com.br e www.rhsolucoesartisticas.com.br



Jornal aQui - 11/07/2020 - Capa (e página 8)

Abertas as inscrições para afrodescendentes que
queiram ser cantoras de "As Sublimes"

Luiz Vieira

Para quem sonha em ser cantora, a hora é agora. Estão abertas as inscrições para o concurso que vai escolher as três novas integranets do grupo "As Sublimes", famoso nos anos 90. As interessadas devem ser afrodescendentes que morem em Volta Redonda, Barra Mansa ou outra cidade do Sul Fluminense e ter de 18 a 23 anos. Segundo Rodrigo Hallvys, proprietário da RH Soluções Artísticas, detentora da marca registrada do grupo, as inscrições se prolongaram até o final de julho devido à Covid-19. "Começamos a receber e-mails de cantoras interessadas, explicando suas dificuldades para produzirem parte dos materiais de análise por não terem acesso a equipamentos. Até o momento só recebemos materiais de cantoras de Volta Redonda e, talvez, a informação não tenha chegado a todas as cidades por conta do que vem acontecendo com a pandemia. Resolvemos prorrogar,a princípio, até o fim de julho", explica Hallvys, confirmando que as inscrições são gratuitas e a intenção é que as três novas integrantes sejam selecionadas até o fim do ano.

"As Sublimes" teve seu primeiro disco lançado em 1993, e o grupo fez sucesso com 'Boneca de Fogo', seu primeiro videoclipe, lançado pelo Fantástico, na TV Globo. A formação inicial contava com a atriz Isabel Fillardis, a cantora e modelo internacional Karla Prietto e a atual diva do teatro musical brasileiro, Lilian Valeska.

Em 2011 o ator voltarredondense Rodrigo Hallvys, fã do trio, passou a ser detentor da marca registrada do grupo, e agora, como é da cidade do aço, decidiu abrir a seleção das novas cantoras pelas cidades do Sul Fluminense. "Sabemos que artistas do interior vivem dificuldades diferentes dos que estão em cidades que possuem mais investimento na área artística. Isso não é uma novidade. Por outro lado, as pessoas consomem arte todos os dias e não percebem que dá para vender arte como produto sem perder o lado contextual. Então creio que, fazendo os testes aqui, possamos criar mais uma oportunidade para as cantoras que estiverem dentro dos critérios também mostrarem seus trabalhos", disse Hallvys.

As cantoras interessadas devem enviar e-mail com o assunto 'Seleção As Sublimes' para rhsolucoesartisticas@gmail.com, com dados completos de identificação e fotos (de estúdio) de rosto, meio-corpo e corpo inteiro. E ainda um link de um vídeo onde apareça cantando música das seguintes artistas: As Sublimes, Beyoncé Knowles, Brick & Lace, Cher, Crystal Waters, Cyndi Lauper, Deborah Blando, entre outras. Mais informações pelos telefones: (21) 9 7604-7747 - RH Soluções Artísticas e (24) 9 9278-4583 - Garloppa1 Produções. Sites: www.assublimes.com.br e www.rhsolucoesartisticas.com.br



Jornal Ponto - 20/07/2020 - Música

Seguem abertas as inscrições para nova formação
do grupo 'As Sublimes'

Rafael Moura

Trazendo um projeto inusitado e de dimensão nacional, a RH Soluções Artísticas, em parceria com a Garloppa1 Produções, abre as inscrições para os testes que vão definir as três novas integrantes do grupo ‘As Sublimes, que ficou famoso por ser o primeiro grupo formado apenas por cantoras afrodescendentes a alcançar sucesso em território brasileiro.

As candidatas precisam ser afrodescendentes, ter de 18 a 23 anos, moradoras de uma das 14 cidades da região e passarão por audições que serão finalizadas neste ano, tendo ainda a confirmação de algumas das antigas cantoras como no corpo de jurados da fase final.

A ORIGEM
Inspirado no grupo ‘The Supremes’, famoso grupo de Diana Ross, Florence Ballard e Mary Wilson nos anos 60, ‘As Sublimes’ vieram com o primeiro álbum lançado em 1993, pela gravadora Sony Music, a formação inicial era composta pela também atriz Isabel Fillardis (a Ritinha da novela Renascer), a cantora e modelo internacional Karla Prietto (capa do sabonete Lux na Nigéria) e a diva do teatro musical brasileiro Lilian Valeska (uma das protagonistas de ‘Sexo e as Negas’). O trio estourou nas paradas de sucesso com a música ‘Boneca de Fogo’, que teve videoclipe lançado oficialmente pelo Fantástico, da Rede Globo de Televisão e conquistou o público com seu diferencial. No ano seguinte emplacaram ‘Menina Mulher da Pele Preta’ (com videoclipe premiado nos Estados Unidos), ‘Tyson Free’, ‘Stop’ e ‘A última ilusão’, marcando a saída de Isabel Fillardis por sua dificuldade em conciliar a agenda com as gravações de novelas.

Flávia Santana foi anunciada como nova integrante pelo programa Video Show e, junto com Karla e Lilian, lançou o segundo cd do trio, que teve sua finalização em Nova Iorque, com participações de Lulu Santos e Mary Wilson. O grupo emplacou ‘Eu queria um amor’ (versão de ‘My Chèrie Amour’ de Stevie Wonder), ‘Só pra ser’, ‘Menos Carnaval’ e ‘Posso te amar’ nas rádios.

Quando começaram a gravar o terceiro álbum veio a dissolução do grupo que, com outros artistas, teve seu contrato interrompido por mudanças nas gravadoras, deixando como despedida a música ‘Eu não vou’, composta pelo trio, mas gravada pelo grupo Fat Family.

Anos mais tarde, um dos fãs, o diretor volta-redondense Rodrigo Hallvys, proprietário da RH Soluções Artísticas, comprou a marca e promoveu o reencontro das cantoras que, ao se emocionarem com a campanha elaborada por um grupo de fãs na internet, decidiram passar um tempo em rodízio com pequenos shows, até que as novas integrantes fossem escolhidas.

O TESTE

Nascido em Volta Redonda e residente na capital, Rodrigo Hallvys decidiu dar preferência para que a nova formação seja composta na região Sul Fluminense.

-Parte da minha carreira foi construída na região e sabemos como é bem mais difícil do que a realidade de quem vive em cidades que o investimento na arte é mais consistente. Creio que seja uma forma de abrirmos uma oportunidade diferente para as cantoras mostrarem seus trabalhos e podemos leva-las para que o restante do país também conheça. – explica Rodrigo, que tem formação em teatro e produção cultural, e já está preparando repertório e shows para a nova formação.


AS INSCRIÇÕES

As cantoras interessadas precisam ser afrodescendentes, ter de 18 a 23 anos, e serem residentes ou nascidas em alguma das cidades do Sul Fluminense: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Paraty, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda.

Enviar e-mail com o assunto ‘Seleção As Sublimes’ para rhsolucoesartisticas@gmail.com, contendo:
.Nome completo, nome artístico e data de nascimento;
.Altura e manequim;
.Endereço e telefone para contato;
.Fotos (de estúdio) de rosto, meio-corpo e corpo inteiro;
.Imagem digitalizada do comprovante de residência e certidão de nascimento.;
.Link de vídeo cantando música de uma das referências (Cada candidata deve produzir e enviar link de seu vídeo para análise vocal, tendo como referências músicas de alguma das seguintes artistas: As Sublimes, Beyoncé Knowles, Brick & Lace, Cher, Crystal Waters, Cyndi Lauper, Deborah Blando, Destiny’s Child, En Vogue, Fat Family, Leona Lewis, Mariah Carey, Mónica Naranjo, Samantha Mumba, Shanice, SNZ, The Pussycat Dolls, The Supremes, TLC, Toni Braxton e Whitney Houston);
Mais informações pelos telefones: (21) 9 7604-7747 – RH Soluções Artísticas e (24) 9 9278-4583 – Garloppa1 Produções. Sites: www.assublimes.com.br e www.rhsolucoesartisticas.com.br

 
Fotos: Arquivo/Divulgação


Jornal Extra - 08/08/2020 - Caderno Especial (página 15)

Um retorno sublime
Sucesso em todo o país nos anos 90, grupo faz concurso
em Volta Redonda para voltar com nova formação

Thiago Mendes

Numa sociedade emq ue cada vez mais a luta do movimento negro se fortalece em busca de representatividade, três novas vozes se unirão para, através de sua música, levarem a mensagem da igualdade Brasil afora. Essas vozes ainda são desconhecidas, mas o certo é que serão do Sul Fluminense. Estão abertas as inscrições para a nova formação do grupo As Sublimes, sucesso em todo o país